Boleto registrado, sem tarifa de registro.

A Gerencianet traz para seus clientes boleto registrado. Vantagens exclusivas:

  • Abertura de conta imediata e grátis
  • Sem cobrança de mensalidades
  • Sem tarifa de emissão, baixa ou cancelamento
Cadastre-se e comece a emitir agora mesmo

Oferecemos condições exclusivas para nossos clientes. O cálculo das tarifas é realizado de acordo com análise cadastral do CPF ou CNPJ do titular da conta. Faça uma consulta sem compromisso.

Blog da Gerencianet

Pessoa física pode emitir boleto?

Danielle Diehl

Os pré-requisitos

É importante ressaltar que não há, inicialmente, nenhuma restrição para que pessoas físicas emitam boletos, apesar de essa ser uma forma de cobrança mais comum entre pessoas jurídicas. Então vamos pular para um super resumido passo a passo?

O primeiro passo para a emissão desses títulos é a manutenção de uma conta corrente em alguma instituição bancária. Essa conta será utilizada para o direcionamento dos fundos cobrados por meio dos boletos. A maioria dos bancos oferece um serviço, contratado à parte, para a cobrança do valor indicado nos títulos. Esse valor é creditado diretamente na conta corrente do emissor do boleto, a pessoa física. O tempo dessa operação, entre o pagamento e o efetivo crédito na conta, pode variar entre um e dois dias.

Converse com seu gerente para que esse serviço seja incluído em seu pacote de movimentações. Nesse contexto de cobrança, o banco escolhido fica responsável pelo recolhimento do valor indicado pelo boleto e a validação do pagamento ocorre mediante o pagamento do título nas agências bancárias, por meio de serviços de internet banking, em aplicativos para celular, em redes de supermercado, em agências dos Correios e em casas lotéricas.

No entanto, existem também empresas especializadas na geração e emissão eletrônica desses boletos. Suas plataformas on-line são bastante intuitivas, permitindo aos usuários a gestão dos pagamentos, a emissão de relatórios sobre a situação cadastral de cada cliente e das cobranças pendentes, o envio de lembretes a respeito de pagamentos ainda em aberto, dentre as múltiplas possibilidades oferecidas por essas intermediadoras.

A emissão eletrônica

A emissão de boletos de pagamento pode ser feita, atualmente, por meio de sites especializados. Essas plataformas oferecem um completo serviço de gestão e de emissão eletrônica desses títulos. O cliente — pessoa física — se cadastra no site e escolhe o plano de serviços mais adequado a suas necessidades de cobrança. A partir daí já se parte para a geração e o envio!

Cada boleto é emitido eletronicamente, por meio das informações sobre os clientes e sobre a natureza da cobrança — juros, devedor, credor e vencimento, por exemplo. O boleto contém um código numérico, sua linha digitável, e um código de barras, o que facilita seu pagamento eletronicamente, por meio de caixas rápidos, pela internet, pelos leitores dos caixas de supermercado ou por aplicativos de celular, por exemplo.

Pode-se optar pela forma ideal para o envio dos boletos, como por e-mail ou em formato PDF, bem como pela transmissão de lembretes sobre o vencimento desses títulos, que podem ser encaminhados aos clientes por mensagens de celular ou também por e-mail. Além disso, é possível receber as confirmações de pagamento, gerir os valores cobrados, manter um cadastro sempre atualizado de clientes e visualizar o histórico de pagamento de cada cadastro.

A utilização dessas plataformas eletrônicas de emissão pode facilitar muito o processo de cobranças de seus negócios, por isso não deixe de dar uma olhada! E se ainda ficou alguma dúvida, aproveite para compartilhá-la conosco aqui nos comentários! Divida conosco seus questionamentos!

Entenda tudo sobre boletos aqui!

Categoria

Gerencianet

Ver todos os posts desta categoria

Caso você seja um cliente Gerencianet ou efetuou um pagamento por meio do nosso serviço e precisa de suporte, clique neste botão e abra um ticket:

ABRIR TICKET DE SUPORTE

Por dentro da Gerencianet


    Gerencianet na Mídia

    • EXAME
    • Jornal do Comércio
    • InfoMoney
    • UOL Economia
    • Computerworld
    • Administradores.com