Abrir conta digital grátis Carregando

Problemas de chargeback? Resolva com um sistema de pagamento online!

Publicado em 26 de setembro de 2014 (atualizado em 05 de outubro de 2021)
o que é chargeback

Um dos principais problemas do e-commerce nos dias de hoje é conhecido pelo termo chargeback. Ele afeta as vendas nas quais a forma de pagamento escolhida pelo cliente é via cartão de crédito. Essa forma de pagamento é responsável por cerca de 60% das transações em e-commerce no Brasil. Por isso, esse é um dos motivos pelos quais o problema é mais sério do que se pode imaginar.

A questão do chargeback é tão traiçoeira que nem as operadoras de cartões de crédito divulgam para o mercado. O motivo é que o chargeback poderia afastar os consumidores e lojistas. Além disso, pode evidenciar que as operadoras reconhecem os problemas e as fragilidades dos seus sistemas de pagamento.

Mas então o que fazer para se prevenir destes problemas? Uma vez que renunciar ao cartão de crédito comprometeria mais da metade das vendas de uma loja? Confira nossas dicas de como resolver a questão!

Chargeback, o terror do e-commerce

Basicamente o chargeback é o cancelamento da compra, que pode ser através das modalidades débito ou crédito. Esse cancelamento pode ser feito pelo titular do cartão ao desconhecer uma determinada compra feita em seu nome, por exemplo. Além disso, se a transação não obedecer certas normas das administradoras de cartão, também pode ser cancelada, gerando o chargeback.

A responsabilidade pelas transações costuma ser toda do lojista. O fato, nesses casos, pode acabar gerando muitos transtornos, podendo acarretar até na falência do negócio, algo frequente hoje em dia. E o pior é que ainda há casos envolvendo fraudes de cartões, e até mesmo golpes por parte de alguns consumidores. Como não há garantia nenhuma dessa transação, a loja é que acaba “pagando o pato”.

Optando por um sistema de pagamento online

A única forma conhecida de se evitar o chargeback de maneira realmente efetiva é optando por um sistema de pagamento online. Esses sistemas, além de oferecer uma análise de risco sobre as operações eletrônicas em ambientes virtuais, costumam garantir o pagamento das vendas realizadas com cartões.

Outra dica é procurar um sistema que esteja pré-integrado a uma sólida e confiável plataforma de e-commerce. Assim, você pode diminuir os gastos com programação e tempo de desenvolvimento, além de contar com uma solução completa e que esteja dentro de parâmetros de segurança. Dessa forma, os riscos com as fraudes e golpes relacionados ao chargeback diminuem.

Procure escolher uma plataforma que ofereça análise de risco para saber exatamente qual a probabilidade das compras gerarem chargeback. Assim, você pode planejar a estratégia para evitar ou cobrir eventuais chargebacks, dentro da política da sua empresa.

Outras formas de se prevenir contra chargebacks

Alguns cancelamentos de compras se devem a outros motivos, como a insatisfação dos consumidores e a falta de informação correta nas páginas dos produtos.

É recomendado, por exemplo, utilizar um nome que o seu cliente consiga reconhecer facilmente. Assim, ele não se confunde na hora de conferir a fatura do cartão de crédito e se lembre facilmente da ocasião em que realizou aquela compra.

Estar disponível para tirar as dúvidas dos clientes, através de telefone, e-mail ou chat online também é uma maneira de evitar chargebacks causados por desinformação do consumidor. Isso também vale para as descrições dos produtos, que devem ser completas e, se possível, incluir avaliação dos usuários.

E então, você já teve problemas com chargeback? Caso possua dúvidas sobre o tema, siga e comente nas nossas redes sociais  Facebook, Twitter, Instagram e Linkedin!

 

 

Categoria

Segurança

Ver todos os posts desta categoria

Gostou do que viu por aqui?

Cadastre-se para receber os melhores conteúdos exclusivos sobre tecnologia de pagamentos e gestão, para alavancar de vez os seus negócios.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes, de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com essas condições. OK