Abrir conta digital grátis Carregando

O que é, para que serve e como aumentar o ticket médio na sua empresa?

Publicado em 17 de março de 2021 (atualizado em 17 de março de 2021)
Mulher sentada em uma mesa com itens de escritório e um tablet nas mãos para calcular o ticket médio.

Se você chegou até aqui, provavelmente, está buscando uma métrica para analisar o desempenho das suas vendas ou uma forma para aumentar o faturamento do seu negócio, acertei? Se sim, então você está no lugar certo! Neste artigo, vamos falar sobre o ticket médio.

O ticket médio é um dos indicadores mais utilizados quando o assunto é venda. A regra é simples: quanto maior o seu ticket médio – ou seja, o valor médio que você recebe em cada venda, maior será o seu faturamento

Isso significa que é possível aumentar a sua receita sem precisar investir em novos clientes. Basta criar estratégias que estimulem o seu cliente a consumir mais. 

A seguir, conheça mais detalhes sobre o ticket médio e aprenda 6 dicas práticas para aumentar o seu. Boa leitura!

O que é ticket médio?

Em poucas palavras, o ticket médio é uma métrica que indica o quanto você fatura, em média, por venda. Ou seja, qual é o valor médio que um cliente deixa no seu negócio ao comprar os seus produtos ou contratar os seus serviços durante um mês, por exemplo.

O cálculo é bem simples! Basta dividir o valor total de vendas pelo número de vendas ou de clientes que compraram no período que você escolheu analisar.

Para que serve o ticket médio?

Saber esse número é muito importante, porque ele funciona como um indicador de performance das suas vendas.

Se o seu ticket médio está crescendo, significa que os seus clientes estão gastando mais dinheiro com a sua marca. Por outro lado, se o seu ticket médio está diminuindo, é hora de ativar o alerta e olhar com mais atenção para as suas estratégias de venda.

O mais interessante é que dá para usar essa mesma fórmula em diferentes recortes. Por exemplo: o ticket médio de um determinado produto, de um canal de vendas específico e até mesmo de um vendedor. Isso vai depender de quais insights você está buscando no momento! 

A partir dos resultados, você consegue acompanhar a saúde financeira do seu negócio e, sobretudo, definir com mais propriedade as estratégias que precisa adotar.

Por que essa métrica é importante para o seu negócio?

Acompanhar o ticket médio do seu negócio vai te dar mais clareza na hora de definir novos rumos. A partir do resultado, você pode: 

  • Avaliar a performance do seu time de vendas. Se necessário, realizar treinamentos e capacitações para melhorar o desempenho da equipe e, por consequência, o processo comercial.
  • Elevar o seu faturamento sem, necessariamente, aumentar o número de clientes ou quantidade de vendas. Isso pode ser feito por meio de promoções ou nova política de preços, por exemplo.
  • Revisar as estratégias de venda da sua empresa. O ticket médio pode ter dar bons insights sobre o comportamento de consumo dos seus clientes. É interessante que você sempre se questione: por que neste mês eles consumiram mais do que em outro? Qual foi a estratégia que eu adotei durante esse período em que o ticket médio aumentou?

Como calcular o ticket médio da sua empresa?

Muito bem! Agora que você já sabe o que é ticket médio e entendeu que é uma métrica importante para o seu negócio, vamos te ensinar a calcular o seu ticket médio. 

Lembrando que é possível buscar uma média geral, acerca de tudo que é vendido, e também uma específica, sobre produtos e serviços. 

A fórmula é bem fácil! Basta definir um período de análise, que pode ser um dia, uma semana ou um mês, por exemplo. 

Depois, verificar o valor registrado de vendas e quantos clientes compraram nesse período. Por fim, basta dividir o valor total de vendas pelo número de compradores! Resumindo, a fórmula fica assim:

Ticket médio = valor total de vendas / número de vendas ou de compradores

Na prática!

Para ficar mais simples de entender, vamos te dar um exemplo prático. Imagine que sua empresa vendeu, no último mês, um total de R$ 11.350. Neste mesmo período, você negociou com 110 clientes. Logo, basta dividir o faturamento bruto pelo número de vendas:

Ticket médio = R$ 11.350 / 110
Ticket médio = R$ 103,18

Ou seja, podemos dizer que no período analisado, cada venda gerou, em média, R$ 103,18 para o seu negócio. Simples, não é mesmo? 

Como avaliar se seu ticket médio está bom?

Em primeiro lugar, é importante se basear no seu próprio histórico de vendas, levando em consideração questões sazonais. Por exemplo: o aumento da venda de botas no inverno ou de biquínis no verão. 

Também é importante destacar que cada negócio deve avaliar o ticket médio de acordo com o mercado em que está inserido. Pense bem, não faria sentido comparar o ticket médio de uma concessionária de veículos ao de uma padaria, certo? Afinal, são produtos e valores muito diferentes. 

Resumindo, dê atenção a esses tópicos:

  • Histórico de vendas: é importante observar e analisar o histórico de vendas da sua empresa. Acompanhe com frequência o seu ticket médio e veja se ele está aumentando, diminuindo ou se mantendo estável. Com essa informação em mãos, fica mais fácil definir os seus próximos passos.
  • Benchmarking: outra forma de avaliar o desempenho do seu ticket médio é usando como referência as empresas que são concorrentes diretas da sua. Monitore o mercado e compare com os seus processos e serviços. Se um concorrente mantém o ticket médio maior que o seu vendendo o mesmo produto, por exemplo, é interessante entender o que ele fez de diferente para alcançar tal resultado. 
  • Compare com outras métricas: para um estudo mais aprofundado, compare seu ticket médio com outras métricas como CAC (custo de aquisição por cliente) e LTV (lifetime value). Dessa forma, você saberá se o dinheiro que está investindo para atrair e nutrir cada cliente está retornando para o seu negócio com alguma margem de lucro. Se não, é hora de reavaliar as suas estratégias!

Como aumentar o ticket médio? Veja 6 dicas!

Para que um consumidor saia de uma loja física ou de um e-commerce com a sacola cheia de compras, o vendedor ou o site precisa acionar alguns gatilhos no comprador. São esses estímulos que farão com que o seu ticket médio aumente. Veja 6 dicas de como fazer isso!

1. Frete grátis

Você, provavelmente, já acessou um site que te ofereceu “frete grátis nas compras acima de R$ 99” ou “compre mais R$ 20 e ganhe frete grátis”, não é mesmo?

Pois é, quando você relaciona essa vantagem a um valor mínimo de compras, muitos clientes preferem adicionar mais um produto no carrinho do que pagar pelo transporte. 

Contudo, tenha sempre cautela na hora de adotar essa estratégia! Antes, calcule a margem de lucro com o frete para que isso não impacte no seu faturamento.

Saiba mais: Como calcular a margem de lucro pelos meus serviços?

2. Desconto progressivo

Você deve estar se perguntando: como um desconto vai aumentar o meu ticket médio? 

Então, o desconto progressivo estimula a compra por volume e aumenta o valor gasto pelo consumidor. 

Tudo o que você precisa fazer é separar por faixas de preço as suas vendas. A partir de uma determinada faixa, ofereça uma porcentagem de desconto. 

Por exemplo: nas compras entre R$ 100 e R$ 150, o cliente terá 10% de desconto; acima de R$ 150, o cliente terá 15% de desconto. Ou seja, você vai aumentando pouco a pouco a oferta para incentivar o consumidor a aumentar o valor da compra!

Contudo, não se esqueça de analisar com bastante cuidado se os descontos serão justos para o cliente e viáveis para o seu negócio.

3. Produtos complementares

Outra forma de encantar o cliente e fazer com que ele compre mais é usando a estratégia de oferecer produtos e serviços agregados ao que ele já solicitou.

Sabe quando você está finalizando uma compra e, de repente, surge uma sugestão: “clientes que compraram o produto x, também viram o item y” ou “você também pode gostar deste produto”? 

Pois é, são formas de te oferecer produtos que complementam a sua compra. Essa técnica também é conhecida como cross selling – ou venda cruzada, no bom português.

Para que essa estratégia funcione, você precisa conhecer muito bem o seu mix de produtos e entender a necessidade do seu cliente. Assim, você conseguirá selecionar e relacionar, com precisão, os itens que combinam com a compra dele. 

Veja também: 6 dicas para turbinar seu cross-selling

4. Brindes

Oferecer brindes ao cliente que atingir um determinado valor nas compras também pode ser uma ótima maneira de aumentar o seu ticket médio.

Além de incentivar o cliente a aumentar o valor do pedido, essa estratégia também vai fortalecer a conexão com a sua marca. Afinal, quem não gosta de um mimo, não é mesmo? 

Para unir o brinde ao seu objetivo de aumentar o faturamento, defina qual será o valor mínimo de compras para ter direito ao brinde. Não se esqueça que esse valor deve ser baseado no seu ticket médio! 

Além disso, escolha um presente que encante o consumidor – do contrário, não será fácil convencê-lo de que vale a pena comprar mais!

5. Fidelização de clientes

Nunca se esqueça de investir na fidelização dos seus clientes. Elaborar processos que encantem o consumidor é a melhor forma de reter clientes e aumentar a recorrência das vendas.

Segundo uma pesquisa feita pela PWC Brasil, o consumidor brasileiro paga até 1/3 a mais por uma experiência de compra positiva.

Para fortalecer o relacionamento com o seu cliente, invista em um bom atendimento e crie memórias positivas nas interações com a sua marca. Sobretudo, mostre que ele é importante para a sua empresa!

Quer saber mais sobre esse assunto? Baixe o nosso guia e veja o passo a passo de como começar o seu programa de fidelização!

Baixar e-book sobre Fidelização de Clientes

6. Parcelamento de vendas

Por fim, a última dica que separamos e que pode te ajudar a aumentar o seu ticket médio são as vendas parceladas. 

A opção de dividir o valor total da compra dá ao cliente mais flexibilidade na hora de adquirir produtos mais caros. 

Afinal, ele mesmo decide em quantas parcelas precisa dividir para que a compra caiba em seu orçamento mensal.

Para oferecer essa opção no seu negócio, você pode contar com uma Instituição de Pagamento, como a Gerencianet. Usando o serviço, você pode até mesmo escolher receber o valor total em uma única vez, mesmo que o cliente pague parcelado. 

Nossa Conta Digital para Negócios oferece uma série de soluções para descomplicar a emissão de cobranças e a gestão financeira de pequenos, médios e grandes empreendedores. 

Categoria

Empreendedorismo

Ver todos os posts desta categoria

Gostou do que viu por aqui?

Cadastre-se para receber os melhores conteúdos exclusivos sobre tecnologia de pagamentos e gestão, para alavancar de vez os seus negócios.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes, de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com essas condições. OK