Abrir conta digital grátis Carregando

ROI: Série Métricas para SaaS

Publicado em 26 de setembro de 2014 (atualizado em 02 de setembro de 2020)
ROI (Retorno sobre Investimento)

Os empreendedores que querem alcançar o sucesso de forma acelerada estão constantemente monitorando indicadores que revelam a saúde de um negócio. Existem várias métricas de desempenho que são parte da rotina desses profissionais. Seja o número de clientes ativos na base ou o volume mensal de vendas, sempre é preciso estar atento. Mas para identificar o quanto um negócio está trazendo de retorno para seus interessados, sejam eles sócios ou investidores, é preciso dar um passo além nos indicadores e utilizar métricas mais avançadas. Umas das mais importantes é conhecida como ROI (Retorno sobre Investimento) e vamos falar dela nesse artigo.

Conheça o ROI

ROI é a sigla em inglês para Return on Investment (Retorno sobre o Investimento). Como o próprio nome diz, a métrica avalia a eficiência de um investimento, medindo quanto de valor ele está trazendo para um negócio.

O indicador pode ser calculado para avaliar o retorno sobre o investimento de um empreendimento como um todo. Mas também pode avaliar projetos e iniciativas específicos. Os elementos fundamentais para o cálculo do ROI são os ganhos obtidos com um determinado investimento, assim como todos os custos necessários para realizá-lo.

Como calcular

Para calcular o ROI, é preciso usar uma fórmula que divide todos os ganhos obtidos com o investimento por seu custo. O resultado será expresso em um valor decimal, que pode ser convertido em porcentagem.

A fórmula usual é a seguinte:

Retorno obtido – Custo do Investimento / Custo do Investimento

Imagine um exemplo hipotético de um empreendimento. Ele gerou 250 mil de lucro, mas foi necessário o empenho de 200 mil reais para a entrega dos serviços que geraram essa receita.

250.000 – 200.000 / 200.000 = 0,25

Jogando-se os números na fórmula, percebe-se que o empreendimento tem um ROI positivo de 25%.

Precisão

Muitos empreendedores erram na hora de calcular o ROI por não inserirem as informações corretas na fórmula. Primeiro, é preciso levar em conta toda a receita que a empresa pode gerar. No caso dos negócios de SaaS, é comum a geração de receitas repetidas para um mesmo consumidor. Isso reforça a importância do cálculo de outros indicadores, como o Lifetime value (LTV), que mede a quantidade de receita que um cliente gera em todo seu ciclo de vida.

Além disso, é preciso ser rigoroso na hora de detalhar as despesas, pois qualquer gasto esquecido pode tornar o ROI impreciso. Dessa forma, pode prejudicar importantes decisões de negócio.

Vantagens

O ROI alcançou tamanho sucesso entre empreendedores e startups em função de sua simplicidade e versatilidade. Em linhas gerais, um ROI positivo significa que vale a pena investir em uma iniciativa. No entanto, ao se comparar o ROI de vários empreendimentos, é possível obter insights sobre qual deles pode trazer oportunidades para o negócio.

Portanto, fica mais fácil perceber porque ele é uma das ferramentas mais utilizadas para a tomada de decisão. Ele contribui para que as empresas otimizem seu investimento. Além disso, permite que sejam capazes de mostrar seu valor a possíveis investidores.

Então, você acredita que o ROI é o indicador ideal para acompanhar o desempenho de uma empresa de Saas? Acompanhe nosso conteúdo exclusivo nas nossas redes sociais e saiba mais Facebook, Twitter, Instagram e Linkendin

Categoria

Empreendedorismo

Ver todos os posts desta categoria

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes, de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com essas condições. OK