Blog da Gerencianet

Pagamentos on-line, empreendedorismo e e-commerce

Pagamento recorrente: as principais métricas que você deve acompanhar

Thaina Cunha

23/01/2019

Pagamento Recorrente

O uso de ferramentas para pagamento recorrente veio para facilitar o cotidiano das empresas, ajudando-as diretamente na organização das finanças, bem como na redução da inadimplência.

Nesse contexto, é de suma importância conhecer as métricas correspondentes para esse tipo de pagamento para saber analisá-las corretamente. Afinal, uma avaliação concreta pode oferecer informações relevantes para a empresa. Confira, a seguir, algumas das principais métricas que podem ser acompanhadas!

Como ter uma gestão perfeita em um negócio de contabilidade

Receita recorrente mensal

A Receita Recorrente Mensal (MRR) é uma métrica usada por empresas que atuam com pagamento recorrente. A ideia é que, por meio dela, seja possível fazer uma previsão de ganho mensal. Quando o controle é bem executado é possível medir não só as entradas, mas também as renovações e cancelamentos de contratos.

O cálculo é relativamente simples: é só pegar a relação de assinaturas com vencimento para o mês seguinte e multiplicar o número de clientes pelo valor do serviço oferecido.

MRR= nº de clientes x valor da assinatura

Vale lembrar que, para isso, é necessário excluir serviços variáveis, como as taxas de adesão. Se você tem 200 clientes que pagam R$150,00, mensalmente, por exemplo, o seu MRR será de R$30.000,00.

Receita média por cliente

Em se tratando de serviços, sempre existem diferenças nos valores pagos pelos clientes. Isso se deve a vários motivos, entre eles os descontos. O fato é: você sabe quanto, em média, os seus clientes estão gastando na sua empresa? Isso pode ser calculado por meio da receita média por cliente.

Receita média= faturamento mensal/ nº de clientes

O objetivo é aumentar o ticket médio. Logo, você poderá adotar estratégias para que o consumidor adquira recursos ou serviços extras, por exemplo. Assim, o faturamento da empresa aumenta.

Índice de cancelamentos

Já o índice de cancelamento, ou churn rate, é responsável por medir a quantidade de consumidores que deixaram de fazer parte da sua base de clientes. Quanto menor ele for, mais sólida é a sua base. Portanto, para mantê-lo baixo, é preciso avaliar e melhorar os serviços oferecidos constantemente. A métrica é estabelecida pela:

Churn rate= nº de cancelamentos mensais/ nº de clientes ativos 

Ainda com base no indicador é possível saber o tempo médio de retenção do cliente. Para isso, é preciso dividir cem pela taxa média de cancelamentos (que é feita somando os percentuais de todos os meses, dividindo-os por 12).

Custo de aquisição por cliente

O custo de aquisição por cliente (CAC) é outra métrica importante para empresas que lidam com pagamento recorrente. Em linhas gerais, essa métrica é mensurada de acordo com o investimento médio para conquistar um cliente.

Para medi-lo é necessário ter o montante que foi investido em ações para conquistar clientes, dividindo o valor pelo número de consumidores conquistados no período. Tal dado é fundamental para poder compreender se as estratégias relativas ao marketing e vendas são favoráveis ao negócio. O cálculo básico é:

CAC= (investimento em marketing + investimento em vendas)/ nº de novos clientes

Como Otimizar sua Gestão Financeira com a Gerencianet

Faturamento anual recorrente

O faturamento anual recorrente é medido pela soma das assinaturas de todos os clientes durante o ano. Por representar a realidade do fluxo de caixa, a métrica ajuda a entender se o negócio está prosperando como deveria. Vale lembrar que, por meio dela, é possível entender as renovações que ocorreram no período, o impacto dos cancelamentos na receita, entre outros detalhes.Para calculá-la é preciso:

Faturamento recorrente= [(valor da assinatura mensal x nº de clientes) x 12] – valor dos cancelamentos de assinaturas de clientes durante o ano

Como foi visto, as métricas de pagamento recorrente oferecem importantes insights sobre a saúde financeira de um negócio, além de ser a base para tomada de decisões estratégicas. Portanto, preze sempre por utilizá-las, a fim de ter um controle maior sobre as finanças da empresa.

Falando nisso, quer ter bons motivos para implementar o pagamento recorrente em uma escola? Descubra no nosso outro artigo quais são eles!

Categoria

Formas de Pagamento

Ver todos os posts desta categoria

Os melhores conteúdos sobre tecnologia de pagamentos e gestão na sua caixa de entrada.

Deixe seu e-mail e receba gratuitamente:

Carregando...