Abra sua conta grátis Carregando

5 erros de SEO que suas páginas de produto não podem cometer

Publicado em 27 de novembro de 2014 (atualizado em 19 de fevereiro de 2019)
Erros de SEO sua página de produtos não pode cometer

Agora que você já sabe o que é SEO, confira os 5 erros de SEO que suas páginas de produto não podem cometer:

Erros SEO:

1.Não redigir descrições dos produtos

Em muitas lojas, especialmente nas que comercializam produtos que não precisam de manual de instruções, a tendência do gestor é achar que as fotos falam por si mesmas. Um exemplo desse tipo são lojas de roupas e cosméticos, por exemplo. Mas é preciso entender que motores de busca, como o Google, ainda procuram e investigam principalmente texto. Um consumidor consegue ver e entender a imagem de uma camisa. Mas, para o SEO funcionar, isso não é o bastante. Por isso, trate de redigir descrições de cada um dos produtos oferecidos por sua loja, por mais sucintas que sejam.

2.Não produzir conteúdo próprio

Há quem crie programas para copiar conteúdo on-line na tentativa de fazer páginas que simplesmente atraiam cliques. E o que essas páginas têm? Naturalmente, conteúdo copiado! Quando o Google analisar sua página e constatar que ela só contém as mesmas descrições do fabricante, vistas em centenas de outros sites, pode acabar penalizando sua posição nas buscas.

Assim, você tem duas opções. A primeira, e melhor, consiste basicamente em produzir textos originais. Já a segunda, funciona bem para quem oferece muitos produtos e ainda tem uma equipe pequena: considere usar a tag “no index” nessa parte das descrições, o que funcionará como um bloqueio a esse texto.

3.Não disponibilizar resenhas dos clientes

Ou você confia em seus produtos ou é melhor nem fazer negócio! Deixar que usuários resenhem e comentem sobre seus produtos tem duas grandes vantagens: eles produzem conteúdo original de graça para você e, além disso, mantêm sua página atualizada, o que, para a técnica de SEO é ótimo!

4.Não pesquisar palavras-chave

Muitas ferramentas permitem saber o que as pessoas buscam na internet para chegar ao seu site. Algumas são, inclusive, gratuitas, como o Google Analytics, por exemplo. A descoberta das palavras de busca mais populares deve orientar sua estratégia na hora de definir os títulos e as chamadas das páginas. Afinal, você quer dar às pessoas o que elas procuram, não é mesmo?

5.Não diversificar o conteúdo

Os motores de busca, como já dissemos, penalizam conteúdo repetido, sempre beneficiando o original. Uma tendência das lojas virtuais — especialmente se vendem muitos produtos da mesma marca — é deixar tudo com as mesmas tags, como “camisa polo marca X”, por exemplo. Não seja preguiçoso: deixe cada página de produto com uma coleção única de tags, usando os nomes da coleção, do tecido, da cor, do ano de lançamento e do tamanho, por exemplo. Personalize sempre!

E a sua loja, comete alguns desses erros básicos de SEO? Teste nossas dicas e conte sobre os resultados nas nossas redes sociais! Compartilhe suas experiências conosco Facebook, Twitter, Instagram e Linkendin!

Categoria

E-commerce

Ver todos os posts desta categoria

Gostou do que viu por aqui?

Cadastre-se para receber os melhores conteúdos exclusivos sobre tecnologia de pagamentos e gestão, para alavancar de vez os seus negócios.