Empreendedorismo: 7 dicas práticas para alavancar o seu negócio | Gerencianet

Blog da Gerencianet

Pagamentos on-line, empreendedorismo e e-commerce

Empreendedorismo: 7 dicas práticas para alavancar o seu negócio

Editor Gerencianet

29/08/2019

Empreendedorismo

O empreendedorismo é, cada vez mais, uma busca de milhões de brasileiros e brasileiras. Só nos últimos dez anos (entre 2007 e 2017) esse número triplicou. Foi de 14,6 milhões para mais de 49 milhões.

O crescimento na quantidade de pessoas que tentam empreender no Brasil tem vários fatores. Alguns, realmente, têm esse sonho e abrem o próprio negócio. Já para outros, o empreendedorismo é uma necessidade, já que conseguir um emprego formal ficou mais difícil.

Em ambos os casos, é preciso aprender técnicas para alavancar a empresa e se desenvolver. Seja um MEI ou grande empresário, há possibilidades para todos. Por isso, este texto vai trazer 7 dicas para você que já empreende ou deseja empreender!

1. Empreenda com calma e planejamento

Essa dica vai, principalmente, para aqueles que tiveram que abrir um negócio próprio para fugir do desemprego. Não tome atitudes com pressa, sem pensar ou planejar. Isso é sinônimo de erro, de fracasso.

Tenha calma. O seu negócio só vai dar certo se ele seguir todos os passos corretos para funcionar. Por isso, faça um modelo de negócio, depois um plano, peça ajuda especializada, participe de cursos e eventos. Invista não apenas na empresa, como também na sua capacitação.

Portanto, só depois de tudo bem planejado, com uma pesquisa de mercado, concorrência, metas, objetivos, você abre a sua empresa.

2. Defina quem são os seus clientes

Você não vai vender para todo mundo, embora queira isso. Existem alguns nichos que precisam ser o seu foco de vendas. Isso é importante também para ações de publicidade e marketing. Por isso, fazer uma boa análise desse público é essencial.

Existem várias ferramentas que podem ajudar você nisso. Uma delas é o próprio plano de negócios. Há também a possibilidade de contratar uma empresa de pesquisa. Se preferir, você mesmo pode fazer por conta própria esse estudo para saber quem será o seu público comprador.

Com esses dados, você vai definir as cores da sua empresa, o logo, o slogan, o tipo de publicidade, as promoções. Tudo isso para atrair esse público e depois fidelizá-lo.

3. Invista em um bom atendimento

Ter um produto de qualidade, com preço justo e um ambiente organizado, é essencial para o sucesso de qualquer negócio. Porém, sem um bom atendimento tudo isso pode ir por água abaixo.

Muitas pessoas preferem comprar em um lugar com um atendimento bem feito, mesmo que o produto não seja o melhor. Por isso, você tem que investir em um método eficiente e educado de relacionamento com os clientes.

Não é preciso estar atento só a forma de falar e de se portar. É também fundamental planejar como vestir, os meios disponíveis para esse contato e a rapidez na resolução dos problemas. Portanto, tudo isso vai fazer com que a sua empresa tenha uma boa fama e cresça, consequentemente.

4. Tenha controle financeiro

Checklist de Rotinas para Gestão Financeira

Não ter controle financeiro é um erro muito comum, principalmente para quem não tem capacitação para a área de administração. Prova disso é o dado do IBGE que mostra que a maioria das empresas fecha após cinco anos de funcionamento.

Ou seja, é preciso que o empresário tenha todo um aparato e método financeiro. Controlar o caixa, aumentar as receitas, diminuir as despesas e custos, tentar fechar sempre no azul. Além disso, é importante usar equipamentos e plataformas digitais para melhor trabalhar com esses dados.

Há softwares que fazem todo o cálculo de saídas e entradas. Além disso, há os que fornecem relatórios periódicos, que informam os produtos mais e menos vendidos. Tudo isso tem que ser usado ao seu favor no empreendedorismo. 

 Isso sem falar de ter um bom intermediador de pagamentos. Assim, você vai ter total controle sobre as vendas, os valores, os clientes, as cobranças recebidas e os inadimplentes.

5. Aja sempre dentro da formalidade e legalidade

Empreendedorismo - formalidade

Muitos desses novos empreendedores brasileiros estão na informalidade. Isso quer dizer que eles trabalham sem os devidos documentos legais para poder exercer o ofício. Essa situação ocorre, principalmente, com os pequenos empresários.

Para eles, existe uma ótima solução para entrar na formalidade: o MEI. Você faz, rapidamente, a formalização do negócio pelo site, ganha um CNPJ e pode emitir nota fiscal. Tudo isso com um imposto de apenas 54,90 reais por mês.

Além dessas vantagens já descritas, ter um CNPJ e ser formalizado ajuda na vinda de investimentos ao empreendedorismo. Se algum investidor observar o seu negócio, gostar dele e quiser investir, ele jamais fará isso na informalidade. Você precisa oferecer a segurança que a formalização traz. Então pense nisso!

6. Busque investimentos

Manual Financeiro para Empreendedores

O dinheiro para que você empreenda não tem que sair, necessariamente, apenas do seu bolso. Você pode buscar instituições e até pessoas que queiram investir no seu negócio.

Há diversas formas de procurar esse auxílio. O mais comum é ir a um banco, mas quase nunca é a melhor opção. O ideal é você ter um bom projeto de empresa, inovador e com diferenciais e procurar em páginas e grupos de investidores alguém que queira investir.

Outra possibilidade é sair com o seu projeto pela cidade, procurar grandes empresários da região e fornecer esses dados em busca de investimentos. Pode ser difícil, mas com uma boa ideia, muita gente vai querer investir.

7. Use e abuse do marketing e da publicidade

Existe um erro enorme antigo dentro do empreendedorismo. Deixam a publicidade de lado, o marketing, pois acham que é um dinheiro mal gasto e que não gera retorno. Isso é uma mentira absoluta.

As grandes empresas só se tornaram grandes porque investiram muito em marketing. E, hoje em dia, você tem a possibilidade de fazer esse investimento no digital. O que é muito eficiente e bem mais barato do que uma propaganda no horário nobre da televisão, por exemplo.

Só que para isso, é preciso contratar profissionais qualificados. Além de ter uma boa estratégia de marketing, separar uma parte do dinheiro para essas ações. Do contrário, de nada adianta. A comunicação tem que ser profissional. Não é inteligente chamar o sobrinho para fazer só porque ele gosta de computador!

Com essas dicas de empreendedorismo, você vai ter mais possibilidades de fazer a sua empresa crescer no mercado. Então, para melhorar ainda mais o seu conhecimento, leia este e-book e aprenda as formas eficientes de fidelizar um cliente!

Como Otimizar sua Gestão Financeira com a Gerencianet

Categoria

Gestão Financeira

Ver todos os posts desta categoria

Os melhores conteúdos sobre tecnologia de pagamentos e gestão na sua caixa de entrada.

Deixe seu e-mail e receba gratuitamente:

Carregando...