Abrir conta digital grátis Carregando

Pix do Banco Central: 4 dúvidas respondidas pelos especialistas da Gerencianet

Publicado em 21 de setembro de 2020 (atualizado em 24 de setembro de 2020)
Na imagem, da esquerda para a direita: Danilo Oliveira, diretor de projetos, Evanil de Paula, CEO da Gerencianet, e Francisco Carvalho, gerente de projetos responsável pelo Pix do Banco Central

A Gerencianet reuniu o time de especialistas para responder a 4 dúvidas sobre o Pix, o novo arranjo de pagamentos, implementado em parceria com o Banco Central do Brasil. A Gerencianet está, desde o início, trabalhando, junto com a instituição, na elaboração e instalação do pagamento instantâneo no país. Agora, preparados para o mais moderno meio de pagamentos, queremos que você, empreendedor, também esteja afiado para essa novidade. 

Por isso, convidamos Danilo Oliveira, diretor de projetos, Francisco Carvalho, gerente de projetos responsável pelo Pix, e Evanil de Paula, CEO da Gerencianet, para tirarem suas dúvidas em relação ao Pix do Banco Central. Vamos lá? 

1. Quais modelos de negócio podem utilizar o PIX? 

Em suma, será possível realizar um Pix em qualquer modelo de negócio. Segundo Danilo Oliveira, o novo arranjo atende a todos os tipos de empreendimento – dos mais conservadores aos mais inovadores. 

Evanil de Paula utiliza como exemplo um negócio que precisa de agilidade no pagamento: o transporte coletivo. Como em outros modelos, nesse, o pagamento instantâneo se encaixa perfeitamente. Afinal, o tempo de uma transação é de, no máximo, dez segundos. Isso deixa qualquer troca de valor mais dinâmica

O pagamento instantâneo ficará disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana, incluindo fins de semana e feriados. Por isso, se o seu negócio precisa operar sem pausas, a disponibilidade do Pix do Banco Central também não será uma preocupação.  

Para Francisco Carvalho, o senso inovador de cada empresário também será essencial para que o novo meio de pagamento seja explorado. Segundo Francisco, “a criatividade do empreendedor é que vai responder, para gente, quais serão os modelos de negócio [capazes de utilizar o Pix]”. 

2. Como o meu negócio poderá oferecer o Pix do Banco Central? 

Para você, que deseja oferecer o pagamento instantâneo em sua empresa, ter como aliada uma instituição de pagamento, como a Gerencianet, é essencial. A Gerencianet é uma empresa autorizada pelo Banco Central do Brasil e participante direta do pagamento instantâneo. Isso quer dizer que, por meio da Gerencianet, a sua empresa pode se conectar ao Pix

Danilo explica que “empresas que precisam fazer recebimentos em alta escala e que necessitam ter disponibilidade de uma API para realizarem cobranças dinâmicas, podem utilizar a API da Gerencianet, destinada exclusivamente ao Pix, para gerar QR Codes e enviar a seus clientes”.  

Evanil nos ajuda a desenhar, mentalmente, o fluxo informativo de um pagamento via QR Code: “o sistema de sua empresa entra em contato com a plataforma da GN, que abre uma solicitação e gera um QR Code que será exibido em seu dispositivo. O pagador lê o código utilizando a câmera do smartphone – para efetuar o pagamento – e a informação caminha até os servidores da Gerencianet. Tudo isso em um ou dois segundos! A partir do momento em que a Gerencianet acessa as informações de pagamento, um call back é enviado ao servidor da sua empresa, comunicando que está pago”.  

3. A minha empresa tem um número baixo de transações. Como ela poderá se conectar ao Pix do Banco Central? 

Para aqueles que possuem um pequeno negócio, ter um celular equipado com o app da Gerencianet será o suficiente. “O empresário pega o seu smartphone, digita o valor da transação e mostra ao pagador. O cliente, com o celular, efetua o pagamento”, explica Evanil. O pequeno e médio empreendedor também poderão pagar aos seus fornecedores via app, por exemplo. 

Fluxo da API da Gerencianet ao realizar e receber um Pix

4. Quais serão os valores das transações realizadas via Pix?

Serão pequenos! Evanil comenta que “o Banco Central fez a sua parte e, para a prestação de serviço, trouxe valores realmente baixos”. O CEO da Gerencianet acredita que o pagamento instantâneo será uma tendência, justamente, devido aos valores baixos das transações e à gratuidade do serviço para quem o utiliza como pagador. 

A Gerencianet está alinhada ao Bacen e oferece as melhores tarifas e funcionalidades, para que você disponibilize o pagamento instantâneo em sua empresa. Evanil diz que, na Gerencianet, o serviço será gratuito para recebedores e pagadores que efetuarem Pix diretamente pelo app. Para os negócios que necessitam da API, valores pequenos serão cobrados apenas do recebedor. 

O pagamento instantâneo trabalha com pequenos valores, porque necessita de menos atores para operarem no fluxo das transações. No Pix, uma instituição que participe diretamente do novo arranjo, em comunicação com o Banco Central, será o suficiente para liquidar uma transação. De acordo com Evanil, para quem deseja inovar e fazer negócio com o Pix têm, ao seu lado, boas perspectivas

Por fim, conheça os valores da GN e saiba as vantagens de contratar um serviço especializado como o nosso.  

Restou alguma dúvida sobre o Pix do Banco Central? Assista ao bate-papo com nossos especialistas e conheça, ainda mais, o pagamento instantâneo!

Categoria

Pix

Ver todos os posts desta categoria

Gostou do que viu por aqui?

Cadastre-se para receber os melhores conteúdos exclusivos sobre tecnologia de pagamentos e gestão, para alavancar de vez os seus negócios.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes, de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com essas condições. OK