Abra sua conta grátis Carregando

Boleto registrado: quais as vantagens desse tipo de cobrança?

Publicado em 21 de outubro de 2019 (atualizado em 21 de outubro de 2019)
Duas mãos brancas segurando um boleto registrado

O boleto registrado trouxe diversas mudanças para quem já recebia por esse meio de pagamento e havia se acostumado com as facilidades geradas pela falta de registro. A mudança foi realizada após a determinação da Federação Nacional dos Bancos (Febraban). Para quem já está acostumado a receber por boleto ou para aqueles que desejam adotá-lo em seu negócio, vale a pena compreender mais detalhes dessa mudança e como utilizá-la a seu favor.

A seguir, confira quais os principais benefícios do boleto registrado e como eles podem impactar a sua gestão. 

O que é o boleto registrado?

É um meio de pagamento que é registrado no sistema do banco de emissão. Assim, todas as informações relacionadas a este tipo de cobrança devem ser encaminhadas para as instituições financeiras. O registro dessas informações se torna obrigatório para que o pagamento seja confirmado. Geralmente, os dados solicitados para a emissão de boletos registrados são os seguintes:

  • nome, endereço completo, e-mail, telefone, CPF ou CNPJ do pagador;
  • produtos ou serviços de cobrança;
  • data de vencimento e configuração de juros e multas, caso sejam aplicados.

Quais as principais diferenças entre o boleto simples e o registrado?

Boleto simples

Desde 1993, quando os boletos começaram a vigorar, a maioria das cobranças eram feitas sem o registro bancário e a modalidade ficou conhecida como boleto simples ou boleto sem registro. Dessa forma, as informações do boleto poderiam ser alteradas ou excluídas sem aviso prévio ao banco. Por isso, não era possível verificar e rastrear as informações da cobrança caso uma fraude fosse identificada. 

Boleto registrado

Com o boleto registrado, as instituições bancárias podem acessar as informações da cobrança e identificar quem é o pagador. Além disso, também fica negada a possibilidade de pagamento de um valor que não esteja registrado no sistema bancário. Todo o processo fica salvo na Câmara Interbancária de Pagamentos (CIP) ou na Base Centralizada.

Alterações na cobrança

Outra diferença deste tipo de cobrança é que, por ela estar registrada no sistema bancário, para fazer qualquer alteração no boleto, como troca da data de vencimento ou cancelamento, é necessário enviar as alterações para o banco emissor. Por esse motivo, a maior parte das instituições bancárias cobram mais de uma tarifa para cada boleto. De acordo com as etapas do processo de emissão, as principais tarifas praticadas pelo banco são:

  • tarifa de emissão;
  • tarifa de confirmação de pagamento;
  • tarifa de alteração da data de vencimento;
  • tarifa de manutenção de registro (caso o boleto não seja pago alguns meses após o vencimento);
  • tarifa de cancelamento ou baixa.

Quais as vantagens desse tipo de cobrança?

Uma mulher branca segurando um tablet e visualizando a conta Gerencianet

O aumento do controle do sistema bancário em relação à emissão de boletos apresenta vantagens e desvantagens. Como apresentado anteriormente, o fato dos bancos terem a opção de cobrar tarifas em diferentes etapas de um processo trabalhoso de emissão é uma das principais desvantagens para quem gera boletos pelo banco. 

No entanto, o boleto registrado também apresenta vantagens relevantes e que contribuem para a gestão de cobranças de pessoas físicas e jurídicas. Veja a seguir!

Mais segurança

A segurança e a prevenção a golpes e fraudes foram alguns dos principais fatores que influenciaram na mudança para o boleto registrado. Como antes as informações do boleto não eram registradas no sistema bancário, esse tipo de cobrança se tornava mais vulnerável para o consumidor. A melhoria da segurança neste meio de pagamento reforça ainda mais os benefícios para quem cobra ou paga por meio do boleto.

Mais garantias em caso de inadimplência

A oportunidade de protestar o boleto em caso de inadimplência também é um benefício possibilitado pelo boleto registrado. Para conseguir realizar o protesto, é preciso comprovar a entrega do produto ou serviço oferecido. Além disso, também é preciso verificar os procedimentos adotados nos cartórios, que podem variar conforme a região.

Mais controle sobre as cobranças emitidas

O registro do boleto é um ponto claramente positivo para as instituições bancárias, que podem consultar as informações da cobrança e reduzir golpes e fraudes. Essa vantagem também se aplica ao emissor do boleto, pois ele também pode acessar essas informações e ter mais controle sobre suas cobranças.   

Mais flexibilidade para o consumidor

O boleto registrado pode oferecer mais flexibilidade no pagamento quando comparado a outros métodos, como o cartão de crédito. Essa opção permite oferecer descontos para pagamentos antecipados. O emissor ainda pode configurar multas e juros em caso de atraso. Assim, se o banco identificar que a cobrança está vencida, as informações serão atualizadas e as multas aplicadas no momento do pagamento. 

Para o pagador, há a possibilidade de pagamento em qualquer banco mesmo após o vencimento, sem a necessidade de emitir uma segunda via. A cobrança ainda pode ser quitada em diversas localidades, como instituições bancárias, lotéricas, internet banking, dentre outros. 

Outras vantagens

Além dos benefícios listados acima, o boleto traz outras vantagens que podem influenciar na sua gestão de pagamentos. Confira!

  • O boleto é um dos principais meios de pagamento dos desbancarizados, ou seja, aqueles que não possuem conta bancária.
  • O boleto é aceito em todo o território nacional.
  • O prazo de disponibilização do pagamento de boletos geralmente é mais rápido do que pelo cartão de crédito.
  • É possível utilizar o boleto como meio de pagamento por assinaturas (cobranças recorrentes) ou por meio do Débito Direto Autorizado.

Como Utilizar o Boleto para Pagamentos Recorrentes

Quais os benefícios de emitir por uma plataforma online?

O processo de emissão de boletos registrados pode ser simplificado com a utilização de um sistema de pagamento online. Em plataformas como da Gerencianet, a configuração da cobrança é fácil e intuitiva. O sistema ainda permite a personalização, definição de juros e multas e o envio do boleto.

Para quem gera boletos pela Gerencianet, o prazo de disponibilização do saldo é imediato e a tarifa só é cobrada após a confirmação do boleto pago. Portanto, as ações de emissão, registro, alteração, cancelamento e baixa são gratuitas, o que torna o processo mais econômico.

Quer entender mais sobre as etapas do processo de emissão? Então, confira o nosso artigo completo sobre o assunto e saiba o passo a passo para emitir boleto!

Categoria

Formas de Pagamento

Ver todos os posts desta categoria

Gostou do que viu por aqui?

Cadastre-se para receber os melhores conteúdos exclusivos sobre tecnologia de pagamentos e gestão, para alavancar de vez os seus negócios.