Abra sua conta grátis Carregando

Quer ser um designer freelancer? Veja nossas dicas

Publicado em 14 de novembro de 2016 (atualizado em 17 de abril de 2019)
Profissão do mês: designer freelancer

Muitos designers, no início de carreira ou mesmo os mais experientes, estão optando por trabalhar por conta própria como freelancer ao invés de trabalharem em empresas ou agências. Esta escolha permite horário flexíveis e a possibilidade de ganhar mais do que quando se tem um empregador. Mas para isso é necessário ter alguns cuidados. Confira as dicas que preparamos para você:

Tenha uma apresentação profissional

Qualquer designer freelancer precisa passar credibilidade para o cliente. Isso inclui não se atrasar para as reuniões, vestir-se adequadamente, usar um vocabulário apropriado. E, principalmente, mostra-se preparado para o serviço. Assim, você deve pesquisar a empresa para a qual vai prestar serviço para conhecer o perfil da instituição. Assim você vai se familiarizar com o perfil do mercado em que ela está situada. Além disso, tenha uma postura amigável durante a reunião, escute o cliente e entenda suas expectativas.

Aceite trabalhos para os quais esteja preparado

Esta dica vale tanto para o tipo de trabalho quanto para o prazo solicitado. Muitos freelancers ficam afoitos para não perderem trabalho e acabam aceitando um job para o qual não está preparado, seja porque não consegue atender o prazo solicitado pelo cliente, seja porque não tem experiência para o tipo de demanda. Mas é importante lembrar que entregar uma demanda fora do prazo ou das expectativas do cliente pode causar uma perda de credibilidade. E reputação é muito importante em qualquer segmento.

Seja coerente com seu trabalho

Na hora de passar um orçamento e um prazo para entrega do trabalho, não pense somente em agradar o cliente. Faça um valor justo, que cubra seus gastos e pague seu serviço. Portanto, você deve lembrar de incluir todo o investimento necessário para a realização do trabalho: sua mão de obra, luz, gastos com deslocamento para reuniões, compra de imagens, caso necessário, etc. Também solicite um prazo necessário para realizar o trabalho sem pressa. Como já diz o famoso ditado, a pressa é inimiga da perfeição. Se você entregar um trabalho mal feito, pode não ter outra oportunidade de mostrar do que realmente é capaz.

Formalize o serviço

Fazer um contrato é fundamental para resguardar você e seu cliente. Coloque todas as questões burocráticas, como forma e prazo de pagamento, prazo de entrega do serviço, número de alterações gratuitas e todas as questões que considerar necessária.

Formalize seu negócio

Trabalhar como Pessoa Jurídica e emitir Nota Fiscal abre muitas portas, já que a maioria das empresas precisam de NF para contratar um prestador de serviço. Se você está no início e não quer gastar muito, fazer o cadastro como microempreendedor individual é uma boa solução. O processo de formalização é simples e você paga apenas um valor fixo mensal que varia de R$ 45 a R$50. Saiba mais sobre o processo neste artigo.

Ofereça formas de pagamento

As pessoas estão sempre em busca de praticidade e isso inclui a forma de pagamento. Oferecer opções, como boleto bancário e cartão de crédito, e parcelamento em até 12x é mais um diferencial do seu negócio. Dessa maneira, a Gerencianet pode te ajudar, cuidando de todo o processo de pagamento, incluindo a parte de convênio bancário, e deixando seu tempo para o que realmente importa: atender bem seu cliente. Conheça mais sobre as nossas soluções aqui!

Então, quer saber mais? Confira aqui a série que preparamos em parceria com o Amarelo Criativo!

Categoria

Profissões do Mês

Ver todos os posts desta categoria

Gostou do que viu por aqui?

Cadastre-se para receber os melhores conteúdos exclusivos sobre tecnologia de pagamentos e gestão, para alavancar de vez os seus negócios.