Abrir conta digital grátis Carregando

Limite Pix: descubra se o Pix tem limite de valor para transferências

Publicado em 27 de maio de 2021 (atualizado em 27 de maio de 2021)
Imagem ilustrativa de uma de ajuste de limite do Pix.

O Pix tem limite de valor? Bom, desde o dia 1º de abril de 2021, as instituições participantes do arranjo de pagamento instantâneo do Brasil devem oferecer a seus clientes a possibilidade de alteração de limites pelo aplicativo. Ou seja, os usuários ganharam mais autonomia sobre os próprios limites de Pix.

Essa é uma mudança promovida pelo Banco Central (BC) que já era prevista em instrução normativa desde o lançamento do projeto

Com ela, os usuários do sistema podem transferir valores mais altos, uma vez que os limites do Pix aumentaram. Agora, eles são iguais aos existentes para transações via TED ou, dependendo da situação, cartão de débito.

Entenda melhor essas mudanças e saiba como organizar suas transações financeiras com o Pix. Continue a leitura!

Pix tem limite de valor? Entenda o contexto

Em geral, sim! O Pix tem limite de valor. Esse número varia de acordo com o perfil de cada cliente e pode ser maior, a depender do seu relacionamento com a instituição financeira ou de pagamento.

Os limites de transferência do Pix são um mecanismo de segurança para evitar fraudes financeiras

Lembrando que o Pix é um sistema de transferência de dinheiro em tempo real que funciona 24 horas por dia e 7 dias por semana. Além disso, é gratuito para pessoas físicas e MEIs.

Quando a modalidade entrou em funcionamento, em novembro de 2020, os limites eram restritos a 50% do valor previsto para TED. A ideia do Banco Central era permitir que os valores máximos aumentassem com o passar do tempo. Principalmente, quando o sistema amadurecesse e os brasileiros estivessem mais familiarizados com o pagamento instantâneo.

E esse momento chegou. Para 60% dos brasileiros, o Pix é considerado um sistema de transferências melhor do que a TED e o DOC. Além disso, 92% das pessoas conhecem o novo sistema de pagamentos, e a maioria o considera seguro.

Segundo os dados mais recentes do BC, quase seis meses após o lançamento do Pix no país, cerca de 242 milhões de chaves já foram cadastradas. Desse total, 83 milhões pertencem a pessoas físicas, enquanto 5,5 milhões de usuários são pessoas jurídicas.

Limite Pix: qual é o valor para cada cliente?

O Banco Central aumentou o limite mínimo que os bancos e instituições de pagamento podem oferecer nas transferências por meio do Pix. 

O menor limite Pix que uma instituição financeira ou de pagamento pode estabelecer passou a ser o mesmo das transferências via TED ou do disponível para o cartão de débito, a depender da operação. No entanto, cada instituição trabalha com um valor para cada cliente.

Ainda segundo o Banco Central, os agentes financeiros podem colocar limites máximos para as transferências. Mas é estabelecido um piso, para evitar que os bancos determinem valores muito baixos para essas operações.

Dessa forma, se a instituição permite que você faça transferências de até R$ 2 mil via TED, você também terá esse mesmo limite de transferência por meio do Pix. Até fevereiro deste ano, o valor liberado era de 50% do TED.

Em resumo, os usuários do Pix podem consultar os valores para transferência:

  • por meio dos aplicativos para celular;
  • por meio do internet banking;
  • entrando em contato com os gerentes;
  • ou por meio dos canais de atendimento oficiais das instituições financeiras ou de pagamento.

Em todos os casos acima, é importante estar atento a algumas orientações para não cair em golpes. Por isso, conheça os 4 principais tipos de golpes envolvendo o Pix e saiba como se proteger.

Como fazer uma solicitação de ajuste de limite Pix?

O Banco Central padronizou o tempo em que as solicitações de ajuste devem ser respondidas, de forma a garantir ao cliente uma melhor gestão de seus limites. 

Solicitações de redução dos valores

Segundo o BC, solicitações desta natureza devem ser atendidas imediatamente.

Solicitações de aumento do valor do limite das transações

Agora, se você deseja solicitar o aumento do limite Pix, preste atenção. 

Se o valor solicitado é compatível aos limites para TED e cartão de débito do cliente, conforme disposto no Anexo I da Instrução Normativa nº 20, a instituição deve acatar a solicitação até às 7h do dia útil seguinte.

Se o valor solicitado for superior aos limites para TED e cartão de débito, a instituição pode avaliar o perfil do cliente e, a seu critério, decidir se acata ou não o pedido. 

Nesse último caso, as respostas deverão ser dadas em até 1 (uma) hora, nas situações em que solicitação é feita entre 6 da manhã e 8 da noite (incluindo sábados, domingos e feriados). Caso a solicitação seja feita fora desse horário, ela deve ser respondida até às 7 horas do dia útil seguinte.

Solicitações pela Gerencianet

A Gerencianet também trabalha com Pix. Aqui, o valor do limite é definido de acordo com o perfil da conta e com base no histórico de movimentação do cliente, seja ele pessoa física ou jurídica. 

Essa é uma maneira de reforçar a segurança da conta.

O ajuste do limite, tanto redução ou aumento, pode ser feito por meio da aba Meu Dinheiro > Meus Limites, no sistema web. Veja o passo a passo!

E se você quer fazer transferências Pix pela Gerencianet, mas ainda não tem conta, cadastre-se agora mesmo de forma gratuita diretamente pelo aplicativo, disponível para Android ou iOS. Por fim, aproveite para cadastrar sua chave Pix e começar a realizar transações instantâneas de graça pelo app!

Categoria

Pix

Ver todos os posts desta categoria

Gostou do que viu por aqui?

Cadastre-se para receber os melhores conteúdos exclusivos sobre tecnologia de pagamentos e gestão, para alavancar de vez os seus negócios.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes, de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com essas condições. OK