Abrir conta digital grátis Carregando

Vou começar meu negócio: onde e como buscar investimentos?

Publicado em 26 de setembro de 2014 (atualizado em 02 de setembro de 2020)
Buscar investimento para meu negócio

Quando se decide iniciar um empreendimento, uma das primeiras perguntas que surgem é: “Onde conseguir dinheiro para iniciar o meu negócio?”. E essa também é uma das questões mais importantes, porque é praticamente impossível começar completamente sem verba.

Independentemente da fonte financiadora, é necessário contar com o chamado capital inicial para o início das suas atividades. Confira algumas dicas de como buscar investimentos e finalmente tirar o seu negócio do papel.

O Modelo de Negócios

Para começar, você deve ter feito o dever de casa, que neste caso se chama Modelo de Negócios. Ele servirá não só para obter uma fonte financiadora, mas também para você conhecer bem o mercado onde está entrando. Além disso, saber quais os riscos e oportunidades nele, traçar estratégias e ter em mente todos os passos necessários para alcançar os objetivos do seu empreendimento. Existem diversas ferramentas no mercado para te ajudar na elaboração do seu Modelo de Negócios. Uma delas é o Canvanizer.

Ao buscar financiamento, apresente seu Modelo de Negócios com autoridade. Demonstre que conhece o ramo de atividades e que sabe o que fazer quando estiver com os recursos em mãos. Isso transmitirá muito mais segurança para a pessoa ou instituição que fornecerá o financiamento, aumentando as chances de ser bem sucedido na sua tentativa.

Principais fontes de financiamento para seu negócio

Com o seu Modelo de Negócios em mãos, é hora de procurar o dinheiro para colocá-lo em prática. Você pode buscar financiamento em diversas fontes diferentes, cada uma com suas vantagens e desvantagens características. Analise-as criteriosamente antes de se decidir o próximo passo.

Recursos próprios

Parece óbvio, mas a primeira fonte de financiamento que você deve considerar é o seu próprio patrimônio. Seja dinheiro guardado em poupança ou outros tipos de investimento, ou mesmo através da venda de algum bem pessoal, todas essas são alternativas válidas e que possuem grandes vantagens: dinheiro sem cobrança de juros ou participação na empresa a ser criada, pouca burocracia, reserva de crédito para outras finalidades.

Mas também há alguns riscos, pois deve-se investir apenas o dinheiro que você não precisará em curto/ médio prazo. A liquidez desse tipo de investimento é baixa, o que significa que poderá demorar bastante até obter lucros ou poder reaver a quantia aplicada.

Empréstimo direto de familiares e amigos

É um assunto delicado falar de dinheiro com amigos e membros da família, mas pode até ser um bom negócio. Deve-se optar por este tipo de financiamento se a quantia não for grande, e é necessário formalizar tudo com um contrato, tomando o cuidado de que os juros não superem os cobrados por bancos e instituições financeiras.

BNDES

O Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) fornece linhas de crédito com taxas que geralmente são inferiores às cobradas por instituições financeiras privadas. Conseguir crédito com a instituição pode ser relativamente simples, e há linhas de crédito específicas para cada finalidade. Vale a pena consultar o site do banco e conferir as oportunidades, mas fique atento! O BNDES não autoriza consultores ou outros intermediários para a concessão de empréstimos.

Sócio Investidor

Você pode encontrar alguém que deseja fornecer o dinheiro necessário para você abrir seu próprio negócio, admitindo essa pessoa na sociedade. Conheça o histórico desse indivíduo e faça tudo com bastante cautela. Além de sempre contar com o suporte de um advogado de confiança. Deixe as regras bem definidas desde o começo para não ter problemas posteriores.

Empréstimo bancário

Há sempre a possibilidade de obter um empréstimo bancário, mas fique atento às taxas e juros cobrados para não pagar mais caro do que deveria. Seu histórico como pessoa física e seu relacionamento com o banco serão essenciais para conseguir este tipo de financiamento.

Capital Semente e Investidores Anjos

Se você possui um projeto inovador e com muito potencial, pode obter financiamento através de Fundos de Capital Semente ou com os chamados Investidores Anjos. O objetivo é fornecer a verba inicial para projetos com grande possibilidade de crescimento. Aqui, a questão é ter o projeto que faça os olhos dos investidores de risco brilharem; portanto, capriche no seu modelo de negócios e tenha certeza de que seu projeto é especial.

Crowdfunding

Você também pode fazer com que várias pessoas se juntem à sua causa e aceitem financiar o seu projeto através de sites de Crowdfunding, ou financiamento colaborativo. Sua iniciativa também deve ser especial e de interesse coletivo, com potencial de cativar o público e gerar benefícios para a sociedade como um todo.

Gostou do artigo? Essas dicas sobre investimento foram úteis para você? Acompanhe-nos e mantenha-se atualizado! Siga no Facebook, Twitter, Instagram e Linkendin!

Categoria

Empreendedorismo

Ver todos os posts desta categoria

Gostou do que viu por aqui?

Cadastre-se para receber os melhores conteúdos exclusivos sobre tecnologia de pagamentos e gestão, para alavancar de vez os seus negócios.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes, de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com essas condições. OK