Abrir conta digital grátis Carregando

Quer criar um negócio baseado em assinaturas? Siga esses passos

Publicado em 26 de setembro de 2014 (atualizado em 02 de setembro de 2020)
negócio baseado em assinaturas

Um modelo de negócio baseado em assinaturas não é novo. Inúmeras pessoas utilizam ou já utilizaram esse tipo de serviço. Um exemplo clássico é o consumo de jornais ou revistas. Nesse tipo de assinatura, o cliente paga uma taxa mensal para receber o periódico em casa.

Porém, com a evolução e popularização da internet, outros tipos de negócio adequaram seus produtos ou serviços para vendê-los por assinatura. Hoje em dia é possível inúmeros produtos. Pode-se encontrar desde impressos (jornais, revistas e livros) até bebidas alcoólicas (como vinhos e cervejas), roupas, softwares e alimentícios. A ampliação do mercado de negócios em assinaturas se deu por causa dos diversos benefícios que esse modelo garante aos empreendedores.

Ao investir nesse tipo de sistema, uma empresa consegue ter um fluxo de caixa positivo. Isso se deve ao fato dos assinantes pagarem antecipadamente pelo serviço e, quanto maior é a sua cartela de clientes, mais dinheiro a companhia retém. Além disso, é possível aumentar as suas margens de lucro, pois reduz-se os custos para atrair novos clientes com estratégias como campanhas publicitárias.

Uma empresa que investe em um negócio baseado em assinaturas também tem melhor planejamento. Assim, sabe-se qual estrutura precisa manter para atender a sua cartela atual de clientes. Além disso, detendo informações sobre os seus clientes e mercado, tem mais facilidade para expandir os negócios.

Convenceu-se de como vale a pena apostar em um negócio por assinaturas? Pretende criar o seu? Então fique atento às dicas que daremos a seguir.

O seu produto adequa-se ao modelo?

Para utilizar um sistema baseado em assinaturas é necessário ter certeza de que o produto ou serviço oferecidos enquadram-se nesse modelo. No caso de softwares é necessário criar um sistema que facilite o fornecimento, como o armazenamento em nuvens. É importante também não transferir ao cliente um processo complicado e burocrático de instalação, treinamentos longos ou a aquisição de novos hardwares.

Crie planos e preços diferenciados

Ao estabelecer um sistema baseado em assinaturas, o empreendedor deve ter em mente que o preceito básico do seu negócio será o pagamento recorrente. Assim, estabelecer planos – com preços e vantagens diferenciados – se faz necessário.

Ao elaborar os seus planos de assinatura fique atento a algumas estratégias. Crie incentivos para que os seus clientes optem pelos planos mais avançados. Pois isso garantirá à sua empresa maior margem de lucro. Além disso, seja transparente e inclua no preço da assinatura possíveis despesas que possam desanimar uma pessoa a fazer uma assinatura, como fretes ou treinamentos.

Atenção à logística do seu negócio baseado em assinaturas

Um bom sistema logístico é imprescindível para as empresas cujos negócios por assinatura envolvam a entrega recorrente de produtos. Lembre-se que você estipulou uma data para cobrar a assinatura do seu cliente. Em contrapartida, este cobrará o recebimento do produto dentro do prazo combinado.

Contar com várias opções de fornecedores é uma boa saída. Dessa maneira, problemas com as entregas são evitados e ajuda a ter um controle mais efetivo sobre os seus custos.

Defina o processo de cobrança recorrente

Crie opções. Ter isso em mente faz com que menos pessoas desistam de fechar negócio com você. Dessa forma, estabeleça diferentes datas e formas de pagamento para que os seus consumidores façam uma assinatura de acordo com as suas preferências. Além disso, ao definir os processos de cobrança, você cria facilidades para elaboração do seu sistema logístico e favorece o crescimento da sua empresa.

Elaborar uma plataforma de pagamento recorrente facilita o seu trabalho, tanto pela facilidade de gestão quanto pelo controle desses pagamentos. Esse tipo de sistema auxilia na automatização das cobranças, controle dos inadimplentes, gerenciamento dos clientes, emissão de notas fiscais e boletos, dentre outras funcionalidades.

Está desenvolvendo ou desenvolveu um negócio por assinaturas? Utilizou algumas dessas dicas? Gostou do artigo? Acompanhe-nos e mantenha-se atualizado! Siga no Facebook, Twitter, Instagram e Linkendin!

Categoria

Assinaturas

Ver todos os posts desta categoria

Gostou do que viu por aqui?

Cadastre-se para receber os melhores conteúdos exclusivos sobre tecnologia de pagamentos e gestão, para alavancar de vez os seus negócios.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes, de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com essas condições. OK