Qual a importância do planejamento empresarial para o negócio evoluir? | Gerencianet

Blog da Gerencianet

Pagamentos on-line, empreendedorismo e e-commerce

Qual a importância do planejamento empresarial para o negócio evoluir?

Editor Gerencianet

03/05/2019

Importância planejamento empresarial

Uma boa ideia é base para um grande empreendimento. Mas, independentemente do que muitos empresários possam pensar, apenas essa ideia não é capaz de fazer uma empresa alcançar o sucesso. Portanto, é preciso realizar um planejamento empresarial voltado para o longo prazo.

O esforço e o trabalho duro também são pilares para uma empresa dar certo. Porém, assim como uma boa ideia, não são suficientes para substituir o plano para manter uma companhia funcionando.

Vamos falar nesse post sobre a importância do planejamento, quais os tipos existentes e como você pode implantar essa estratégia na sua empresa. Então continue conosco e boa leitura!

Planejamento empresarial

O planejamento é como um guia para a sua empresa. Não utilizá-lo seria como sair para viajar sem ter um destino certo. Assim como qualquer guia, ele deve ser usado como uma orientação. Ou seja, qualquer situação pode mudar com o tempo e quando alterações forem necessárias, você poderá fazê-las sem medo.

Contar com um plano empresarial bem estruturado pode ser mais eficiente do que ter a melhor ideia e a equipe mais esforçada trabalhando em conjunto. Dessa maneira, ele deve estar presente em todos os setores da organização, planejando cada passo do negócio para antecipar qualquer risco que possa vir a ocorrer.

Ao desenvolver o plano empresarial, a empresa esta pronta para passar pelas mais diversas situações sem maiores impactos que ofereçam risco à saúde do negócio.

Manual Financeiro para Empreendedores

Tipos de planejamento

São vários os tipos de planejamento que podem ser integrados a uma estratégia de sucesso dentro da empresa. Vamos falar sobre alguns deles para que você tenha uma ideia de como funcionam e de como deve aplicá-los.

Planejamento estratégico

Esse plano é de longo prazo e consiste em traçar uma meta para ser atingida em alguns anos. Ele é muito importante, pois mostra quais ações devem começar a ser tomadas hoje para alcançar o sucesso no futuro.

A sua implantação costuma considerar fatores internos e externos, como o andamento da economia, o crescimento do mercado, as vendas atuais e as projeções da empresa. Além disso, ele avalia também outros atributos que possam influenciar um cenário futuro.

Geralmente feito para períodos longos, como 5 a 10 anos, não é necessário incluir muitos detalhes. Isso acontece pois podem mudar a qualquer tempo e seria difícil precisar certas informações a longo prazo.

Para criar um plano estratégico para a empresa, podemos focar nas perguntas: “quem ela é?”, “onde ela quer chegar?” e “o que ela considera essencial?”. As respostas para essas perguntas chamamos de missão, visão e valores — umas das mais importantes ferramentas de gestão existentes. A partir dessas informações, você pode traçar metas e objetivos para o prazo estipulado no planejamento.

Planejamento tático

A palavra tático diz respeito a como pode ser o planejamento posto em prática e a quais os recursos serão utilizados para atingir as metas traçadas. Esse é um plano de médio prazo no qual serão respondidas questões como “quantos colaboradores precisam ser contratados?”, “quantas máquinas devem ser adquiridas?”, entre outros questionamentos relacionados aos recursos para que se alcance o objetivo do planejamento estratégico.

Diferente do estratégico, que apresenta uma visão geral para a empresa, o tático busca soluções e metas para os setores e departamentos do negócio. Podemos imaginar o plano tático como o método para que cada um dos setores atinja as metas traçadas no planejamento estratégico.

Geralmente, as projeções são realizadas para períodos de 1 a 3 anos e são feitas algumas perguntas, como:

  • o que fazer?
  • é possível fazer?
  • vale a pena fazer?
  • quando fazer?

Portanto, com essas respostas, temos os chamados objetivos táticos para cada um dos setores da empresa. Eles devem garantir que os objetivos estratégicos sejam alcançados.

Planejamento Operacional

Esse tipo de planejamento visa fazer com que departamentos que não estejam ligados diretamente ao setor administrativo também trabalhem com o intuito de obter a máxima eficiência.

Após traçar a meta no planejamento tático, é necessário colocar ideias em prática para alcançar essas metas. Tal prática é o planejamento operacional, desenvolvido por meio de métodos, processos e sistemas a serem implantados. Ele pode ser visto como um plano bem mais detalhado do que os anteriores, pois representa o que realmente será realizado.

Geralmente, são planejados para períodos de 3 a 6 meses, ou seja, para o curto prazo. Dessa maneira, é mais fácil realizar avaliações sobre os resultados das práticas adotadas na busca pelas metas traçadas nos planejamentos anteriores.

Por meio da realização desse planejamento, é obtido o plano de ações. Ele constitui as práticas que deverão ser adotadas pela empresa e seus departamentos. Junto a esse plano, temos também o cronograma de ações, que diz respeito ao prazo em que serão realizadas cada uma delas.

Planejamento financeiro

Esse é um plano à parte que faz parte do planejamento empresarial, mas não segue um fluxo como os três anteriores. É necessário criar um documento com diretrizes sérias a serem seguidas para garantir um fluxo de caixa contínuo, um bom capital de giro e o alcance de metas financeiras de curto, médio e longo prazo.

Existem várias metodologias para se criar um bom planejamento financeiro. Entre elas o PDCA (plan — planejar, do — fazer, check — checar e action — agir), que é um dos mais utilizados. Ele consiste em um ciclo completo no qual você pode traçar metas, pô-las em prática, checar seus progressos e agir para correção.

eBook grat

Aplicação

Para pôr em prática um planejamento empresarial é necessário ter muitos dados acerca da empresa e da sua área de atuação. Algumas ferramentas de administração podem ser utilizadas para obter esses dados. Portanto, pode-se citar a análise SWOT, a 5W2H, entre outras.

A aplicação de um planejamento completo para o seu negócio pode ser conseguida de maneira simples. Assim, é necessário seguir esses 9 passos:

  1. Determine as metas e objetivos.
  2. Analise sua empresa e o mercado.
  3. Determine missão, visão e valores da companhia.
  4. Identifique seu público-alvo.
  5. Defina ações.
  6. Ponha as ações em prática.
  7. Monitore as operações.
  8. Avalie os resultados.
  9. Realize as correções.

Seguindo as informações disponibilizadas neste post, você pode montar um planejamento empresarial básico para a sua empresa. Dessa maneira, você pode buscar mais informações acerca do assunto para se aprofundar cada vez mais.

Então, gostou do nosso post? Assine a nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos para estar cada vez mais preparado para crescer no mercado. Acompanhe-nos e mantenha-se atualizado! Siga no Facebook, Twitter, Instagram e Linkendin!

Categoria

Gestão Financeira

Ver todos os posts desta categoria

Os melhores conteúdos sobre tecnologia de pagamentos e gestão na sua caixa de entrada.

Deixe seu e-mail e receba gratuitamente:

Carregando...