5 formas de reduzir a inadimplência dos seus clientes | Gerencianet

Blog da Gerencianet

Pagamentos on-line, empreendedorismo e e-commerce

5 formas de reduzir a inadimplência dos seus clientes

Editor Gerencianet

15/04/2019

Acabar com a inadimplência entre seus clientes

Quem acompanha os índices da economia no Brasil nos últimos tempos sabe que o cenário não está nada animador. E, dentro desse cenário de economia estagnada, tem-se o medidor que mais assusta os comerciantes do país: a inadimplência dos seus clientes. A inflação acima da meta e o crediário mais caro são apontados como as principais causas para o aumento dessa taxa. Para piorar, quando o cliente se vê com o nome sujo na praça, cresce, também, a dificuldade em conseguir crédito para o pagamento das dívidas. Por isso, todo cuidado é pouco para não cair nas teias da inadimplência dos seus clientes! Ela paralisa o negócio e dificulta sua mobilidade rumo ao crescimento sustentável.

Quer saber como romper com esse ciclo? Então confira agora mesmo 5 formas de reduzir a falta de pagamento entre seus clientes:

1. Pesquise antes de oferecer crédito

Prevenir é sempre melhor do que remediar, não é mesmo? Para o comércio, esse ditado também tem seu fundo de razão. Pesquisar o histórico de pagamentos e inadimplência dos seus clientes permite conhecer para quem se está vendendo. Nas próximas negociações com o mesmo comprador, entretanto, deve-se manter essa precaução, pois seu retrato financeiro pode vir a mudar ao longo do percurso. Se a transação é com uma outra empresa, porém, conte com a internet como uma forte aliada nas pesquisas.

2. Não deixe a dívida se prolongar

É fato mais que comprovado que dívidas recentes têm maiores chances de serem pagas. Portanto, organize o cadastro dos pagamentos e tenha sempre em mãos um relatório com o resumo de sua situação, de preferência organizado por data. Cobre desde o primeiro dia de atraso e continue lembrando o cliente sobre o pagamento devido. Dessa forma você evita que se perca a dívida de vista. É bom lembrar, no entanto, que é preciso tato na hora da cobrança, pois a lei proíbe qualquer tipo de constrangimento ao cliente. Sendo assim, é preciso ficar atento com relação ao que pode ou não ser feito na cobrança de inadimplentes.

3. Aposte na tecnologia para reduzir a inadimplência dos seus clientes

Abordagens diferenciadas têm se tornado muito frequentes e bem sucedidas para as cobranças de dívidas em atraso, porque é tida como menos invasiva e constrangedora para o cliente que está com o pagamento em atraso. A vantagem também aparece do lado da empresa, que gasta menos tempo e dinheiro com o envio de um SMS ou um e-mail, por exemplo, do que com contatos telefônicos e notificações via correio. A possibilidade de enviar o código de barras do boleto dessa maneira também é uma opção vantajosa, assim como mandar mensagens privadas em redes sociais.

Nova call to action

4. Mantenha seu cadastro atualizado

Conhecer cada cliente por nome não garante o comprometimento com os pagamentos. É preciso mais. Tenha um histórico registrado com suas compras, os respectivos vencimentos e outros dados atualizados para eventuais futuras cobranças. É nesse cadastro, devidamente atualizado, que devem constar as informações a serem pesquisadas na primeira dica. Não confie somente em sua memória, registre tudo em um sistema para facilitar futuras consultas e cobranças.

5. Ofereça alternativas para o pagamento

Nem sempre o cliente deixa o pagamento em aberto por pura má-fé. Em muitos casos, imprevistos surgem e acabam o impedindo de honrar com seus compromissos a tempo. O importante é conversar e já ter alternativas de pagamento prontas — como um desconto nos juros ou mesmo um parcelamento. Renegociar é abrir a porta para o recebimento, ainda mais quando o cliente se mostra disposto a efetuar o pagamento, apesar de se encontrar em dificuldades para fazê-lo. Busque alternativas para garantir, ao menos, o recebimento de parte do valor. Além disso, vale a pena implementar uma política de gestão de cobranças para lidar com a inadimplência. Afinal, um pássaro na mão é melhor do que dois voando, não é verdade?

Então, é a hora de colocar nossas dicas em prática! Comente nas nossas redes sociais e compartilhe conosco: como você lida atualmente com os casos de inadimplência dos seus clientes em seu negócio? Qual das nossas dicas vai ser mais útil para as necessidades do seu empreendimento? Divida conosco suas experiências Facebook, Twitter, Instagram e Linkendin!

Categoria

Gerencianet

Ver todos os posts desta categoria

Os melhores conteúdos sobre tecnologia de pagamentos e gestão na sua caixa de entrada.

Deixe seu e-mail e receba gratuitamente:

Carregando...