Abra sua conta grátis Carregando

7 dicas para melhorar a gestão da sua contabilidade

Publicado em 23 de outubro de 2017 (atualizado em 30 de abril de 2019)

A maior dificuldade dos empreendedores hoje é realizar uma boa gestão financeira de suas empresas. Este fato se aplica a todos os nichos de mercado, inclusive ao ramo de contabilidade.

Gerenciar toda uma operação com colaboradores, clientes, problemas a todo momento e ainda dar a atenção necessária às finanças de sua empresa, pode ser um desafio árduo no qual pode ser difícil ter sucesso.

Vontade de aprender é um requisito básico para que um gestor alcance o sucesso em sua gestão financeira. Portanto, para você que está buscando conhecimento, preparamos 7 dicas para melhorar a gestão da sua empresa de contabilidade. Então confira!

Pilares da gestão financeira

Antes de observarmos as dicas, vale verificar quais são os pilares da gestão financeira. Um pilar serve para sustentar algo e, quando falamos em pilares da gestão financeira, queremos dizer que estes tópicos servem de base para ela.

Eles são quatro e representam conceitos indispensáveis para a gestão financeira. Mesmo se tratando de uma empresa de contabilidade e você já ter familiaridade com estes conceitos, sempre é bom repassarmos. Veja quais são eles:

Lucratividade

É um índice de eficiência ligado ao ganho que a empresa gera sobre o trabalho realizado. Portanto, esse indicador é expresso em percentual e é parte essencial da precificação dos serviços de sua empresa.

Por meio da lucratividade, pode-se chegar aos valores que a empresa está realmente agregando mensalmente e como está sua saúde financeira. Dessa maneira, os lucros são sempre o alvo dos empreendedores.

Rentabilidade

Pode parecer um item igual ao anterior, porém a rentabilidade é um pouco mais abrangente. Está relacionada com o investimento realizado para que o serviço possa ser disponibilizado.

Mesmo que um serviço esteja aparentando gerar lucro, ele pode não ser rentável para a empresa, pois necessita de demasiados investimentos para se manter viável. A rentabilidade deve ser o real objetivo ao ofertar um serviço ou produto.

Margem de contribuição

É a diferença entre o preço de venda de um serviço e seu custo e despesas variáveis. O valor encontrado é chamado de margem de contribuição, número que contribuirá para as despesas fixas gerais e formação do lucro da empresa.

Sem um conhecimento sobre a margem de contribuição de seus serviços, sua empresa pode realizar muitas vendas, porém ter prejuízos.

Ponto de equilíbrio

Este indicador trata da variação entre a quantidade de vendas necessárias para que as receitas tornem-se iguais aos custos e é um índice de segurança.

Quanto menor for essa métrica, mais chance de sucesso tem um negócio e menos risco de acabar por não cobrir seus gastos. Ou seja, caso as receitas se igualem aos custos, a chance de prejuízo é zero.

eBook grat

Gestão de contabilidade

Após verificarmos os pilares da gestão financeira, é hora de passarmos às dicas para gestão de sua empresa de contabilidade.

Assim, aplicar essas dicas ajudará você a realizar uma gestão financeira muito mais organizada e voltada para resultados em seu negócio. Confira quais são elas:

1. Elabore um planejamento estratégico

Planejar é sempre o primeiro passo para o sucesso e na gestão financeira de sua empresa não é diferente! Você não pode alcançar metas se não traçá-las antes.

Buscar entender as demandas de seu negócio e realizar uma análise detalhada de seus diferenciais no mercado é um bom início para começar seu planejamento. Focar em objetivos realistas ajudará você a criar um planejamento estratégico que possa ser posto em prática facilmente.

2. Faça o controle de fluxo de caixa

A gestão de todas as transações financeiras ocorridas na empresa devem ser catalogadas, com precisão, no fluxo de caixa. Uma empresa de contabilidade não pode descuidar-se deste tema. Lembre-se do ditado que diz que “em casa de ferreiro, o espeto é de pau”.

O fluxo de caixa é essencial para análises posteriores de qualquer falha de gestão e verificação dos pontos em que tais falhas podem ter ocorrido.

3. Tenha capital de giro

Segundo dados da pesquisa Demografia da Empresas 2014 do IBGE, seis a cada dez empresas fecham antes de completar cinco anos. O principal motivo para isso acontecer é o mau planejamento do capital de giro.

Estar atento às reservas disponíveis para eventuais problemas pode salvar a sua empresa da falência. Por isso, antes de investir recursos em algo, verifique sempre a real necessidade para não comprometer suas reservas.

4. Reduza os gargalos corporativos

Um gargalo no mundo dos negócios significa um obstáculo ou um funil que retém a produtividade. Investir em aumento de eficiência para diminuir os gargalos pode ser uma solução, visto que estes impedimentos podem gerar um aumento de custos indesejáveis.

Por meio da análise de sua empresa, proposta no item 1 desse tópico, você será capaz de verificar qualquer gargalo que possa reter seus lucros.

Como ter uma gestão perfeita em um negócio de contabilidade

5. Automatize seus processos

Utilizar uma ferramenta para automatizar processos poderá diminuir muitos custos de mão de obra. Além de minimizar os erros que podem acontecer devido a tarefas repetitivas de interação humana.

A automatização das tarefas diminuirá o tempo de resposta, aumentará a eficiência e trará confiabilidade para os números de sua gestão.

6. Mantenhas as contas da empresa separadas

Algo muito comum em pequenas empresas e empresas familiares é a ocorrência de uma fusão entre o que são contas e despesas privativas do gestor e o que é referente à empresa.

Realizar a divisão das contas entre particular e empresarial é a melhor maneira de organizar sua gestão financeira. Portanto, o dinheiro da empresa deve ser usado para pagar as contas e despesas corporativas.

7. Analise seus resultados

Após aplicar todas as outras dicas é hora de testar seu funcionamento. Analise os resultados obtidos de acordo com as metas traçadas. Além disso, continue fazendo os ajustes necessários para a boa gestão do seu negócio.

A princípio, pode ser que você não alcance todos os objetivos traçados, entretanto, com perseverança e metas realistas, aos poucos o sucesso será realidade.

Uma gestão financeira simples e eficiente pode ser alcançada por qualquer empresa e a gestão de uma empresa de contabilidade tende a ser ainda mais fácil pela expertise contábil.

Porém, não dê a batalha por vencida, não basta apenas entender de números para um bom gerenciamento. Assine a nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos com dicas de como melhorar ainda mais a administração do seu negócio.

Acompanhe-nos e mantenha-se atualizado! Siga no Facebook, Twitter, Instagram e Linkendin!

Categoria

Gestão Financeira

Ver todos os posts desta categoria

Gostou do que viu por aqui?

Cadastre-se para receber os melhores conteúdos exclusivos sobre tecnologia de pagamentos e gestão, para alavancar de vez os seus negócios.