Aprenda como negativar clientes e outras informações sobre a inadimplência | Gerencianet

Blog da Gerencianet

Pagamentos on-line, empreendedorismo e e-commerce

Aprenda como negativar clientes e outras informações sobre a inadimplência

Editor Gerencianet

13/05/2019

Negativar clientes

O número de inadimplentes no Brasil só cresce. Dados da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas provam isso. De acordo com a última pesquisa do órgão, hoje, mais de 62 milhões de pessoas estão com o nome sujo no país. A alta no primeiro trimestre foi pequena, de apenas 0,13%, mas mostra que a necessidade de negativar clientes é real e está longe de ter um fim.

Para quem não sabe, 62 milhões de pessoas correspondem a 40% de todos os adultos que vivem no Brasil. Ou seja, quase metade da população economicamente ativa está com o nome no SPC ou Serasa.

Quem é comerciante, empresário, empreendedor e vive da venda direta ou indireta de produtos ou serviços precisa entender, perfeitamente, como funciona a negativação. Por isso, este texto vai trazer todas essas informações e outras mais que você necessita saber. Veja!

Quais são as formas de evitar a inadimplência?

Existem duas maneiras de diminuir o número de pessoas com nome sujo em um país. A primeira forma é macroeconômica, ou seja, políticas públicas que gerem mais emprego, mais renda, menos desigualdade e, que assim, façam com que os consumidores tenham maior poder de compra e consigam pagar as suas dívidas.

Porém, nessa parte em específico, um empreendedor não tem muito o que fazer. Será que existem formas diretas de evitar a inadimplência na sua loja, na sua empresa?

Existem sim! E são três dicas bem valiosas que podem mudar, completamente, a forma como os seus clientes lidam com os pagamentos!

1. Planejamento estratégico

A primeira dica para quem deseja evitar negativar clientes é planejar e organizar todo o processo de pagamento. Coloque em planilhas ou programas de computador as datas, valores, juros, multas, dias de cobranças.

Esse planejamento vai ajudar bastante a sua empresa a controlar os pagamentos, as cobranças, as negociações e evitar, assim, a inadimplência.

2. Automatização de dados

Tempo é algo muito precioso para qualquer empresário ou comerciante, por isso usar ferramentas tecnológicas é essencial para manter tudo sob controle. Se você tem muitos clientes, é impossível lembrar de tudo pela sua cabeça ou pelo bloquinho de papel.

Utilize de processos de automação, contrate plataformas, softwares, treine sua equipe de pagamento, para facilitar o desenvolvimento da sua empresa e fazer com que os seus clientes paguem o que devem a você.

Há diversos programas disponíveis, desde os que formam o planejamento estratégico, até os que enviam mensagens de cobrança para os clientes perto das datas de vencimento. Escolha os que atendem a sua necessidade e melhore a gestão da empresa nesse setor.

eBook grat

3. Análise de crédito

Sempre que for trabalhar com pagamento recorrente, faça a análise de crédito dos seus clientes. Não tenha medo ou vergonha de realizar essa pesquisa. Afinal, ela é essencial para você saber se está lidando com um bom pagador ou uma pessoa potencialmente devedora. Aí, a decisão é sua se deseja ou não fazer negócio com esse possível consumidor dos seus produtos e serviços.

Para fazer a análise de crédito, você pode consultar o CPF dos clientes em órgãos como SPC, Serasa e outros nacionais, estaduais e até municipais. Busque na prefeitura da sua cidade, na Câmara de Dirigentes Lojistas ou no cartório da sua empresa que você vai encontrar essas informações.

Como cobrar um cliente inadimplente?

Essa é uma informação muito importante. Vários empreendedores que não conhecem muito de lei podem cometer crimes ao cobrar, indevidamente, os seus devedores. Por isso, toda atenção é pouca neste tópico.

A seguir, você vai ter uma série de sugestões que evitam uma cobrança abusiva aos seus consumidores. Siga todas elas para evitar problemas futuros!

  • Envie os documentos de cobrança com todos os dados do consumidor e também da empresa (nome, CPF e CNPJ);
  • Identifique-se no momento da ligação ou conversa, exponha os dados de dívida, juros e multas e de datas de vencimento;
  • Ligue sempre no horário comercial na casa ou celular pessoal do inadimplente;
  • Faça os contatos com paciência. Nada de ligar o dia inteiro para o devedor;
  • Se for cobrar por meio de correspondência, envie os dados da cobrança sempre na parte interna da carta.

Nova call to action
Esses bons hábitos devem ser realizados antes de você negativar o nome do consumidor. Depois que vai para o SPC ou Serasa, essas instituições tomam o controle da cobrança da dívida.

Além de cultivar essas boas práticas no momento da cobrança, é necessário também evitar alguns deslizes que podem ser ilegais:

  • Jamais use nome falso ou cargo inexistente para ameaçar um cliente;
  • Não deixe recados com vizinhos ou familiares;
  • Nunca ameace ou constranja o inadimplente, de forma alguma;
  • Não faça a cobrança um dia após o vencimento. Espere, ao menos, uns 5 dias úteis;

Em caso de ilegalidades praticadas pelo empreendedor, ele pode ter que pagar multa e até ser preso por um ano. São regras do Código de Defesa do Consumidor em seu artigo 71.

Se você não conseguir negociar a dívida diretamente com o cliente, ele não atender a suas ligações, não responder às correspondências, não mostrar interesse algum em resolver o problema, é hora de negativá-lo de fato.

O que fazer para negativar clientes?

Para colocar o nome no SPC ou Serasa de alguém que deve sua empresa, é preciso estar atento a alguns procedimentos essenciais.

Protestar clientes não é tão simples assim para quem é leigo no assunto, mas, se entender como funciona, tudo fica mais fácil.

Antes de tudo é preciso conhecer de que forma você cobra os seus clientes: boleto bancário, cartão de crédito, cheque, nota promissória, etc.

O ideal é que você utilize mecanismos mais simples de serem controlados e também negativados. Atualmente, o cheque, por exemplo, não é uma boa ideia. Prefira o boleto, o carnê e o cartão de crédito. São as melhores opções.

Depois de definido isso, é hora de entender como funciona o processo de negativar clientes. No caso do cartão de crédito não há problema algum. Você vai receber o que o consumidor deve e a empresa do próprio cartão é que vai cobrar o devedor por meio do SPC e Serasa.

Caso você use uma plataforma de geração de boletos e carnês, como é o caso da Gerencianet, há também uma forma bem simples, embora não seja automatizada, de negativar os seus clientes devedores.

Como Otimizar sua Gestão Financeira com a Gerencianet

O sistema da Gerencianet segue as determinações da Federação Nacional dos Bancos. Ou seja, os boletos e carnês são registrados com os dados da sua empresa e também os dos seus clientes. Isso facilita muito na hora de realizar o processo de negativação, já que a dívida está comprovada por um documento válido.

A lista abaixo vem com um passo a passo de como negativar clientes de forma segura e eficiente. Confira!

  1. Tenha o cadastro completo de todos os seus clientes na sua base de dados: RG, CPF, nome, endereço, telefone;
  2. Nesse mesmo cadastro, coloque também as informações do produto ou serviço vendido: data da compra, de vencimento, valor de multa, juros, preço do que foi adquirido;
  3. Guarde os boletos e carnês emitidos com os dados registrados da empresa e do cliente;
  4. Inicie o processo no cartório ou direto no SPC e Serasa apenas após 30 dias de tentativa de negociação sem envolver esses órgãos;
  5. Por meio de um cartório ou da própria Câmara de Dirigentes Lojistas da sua cidade, você consegue acessar o sistema do SPC ou Serasa. Coloque os dados do inadimplente, forneça os documentos pedidos e faça o cadastro do negativado;

Caso você não seja cadastrado na Câmara de Dirigentes Lojistas da sua cidade, procure o cartório da sua cidade. Em cada cidade existem algumas especificidades que devem ser levadas em consideração.

Recebi o pagamento. Como devo proceder?

Após receber o pagamento, é preciso informar ao SPC e ao Serasa que a dívida foi quitada para que o nome do cliente não permaneça sujo. Jamais esqueça de fazer isso, caso contrário você pode ser processado e receber uma boa multa.

O prazo para retirar o nome da lista de negativados é de cinco dias úteis após a realização do pagamento pelo cliente.

Os boletos são usados, primordialmente, para pré-pagamentos, ou seja, o cliente paga e só depois recebe o produto ou serviço. Por isso, essa forma é mais segura e gera menos inadimplência.

Porém, se você trabalha com cobrança recorrente, faça sempre uma boa análise de crédito antes de oferecer essa forma de pagamento.

Negativar clientes é um momento delicado e ruim tanto para o empreendedor quanto para o próprio consumidor. Ninguém gosta de dever, a não ser as pessoas já naturalmente desonestas.

Por isso, aja com muito cuidado, converse com calma, tranquilidade, seja educado e atencioso. Seguindo essas dicas, vocês têm mais chance de chegar a uma solução pacífica e cordial.

Se tiver gostado deste conteúdo sobre negativar clientes e quiser ter acesso a muitos outros, siga as nossas páginas no Facebook, Twitter e Instagram!

Manual Financeiro para Empreendedores

Categoria

Gestão Financeira

Ver todos os posts desta categoria

Os melhores conteúdos sobre tecnologia de pagamentos e gestão na sua caixa de entrada.

Deixe seu e-mail e receba gratuitamente:

Carregando...