Abrir conta digital grátis Carregando

Gerar boletos: saiba como fazer a emissão sem dor de cabeça

Publicado em 30 de dezembro de 2014 (atualizado em 15 de abril de 2019)
Como gerar boletos sem dor de cabeça

Quando os micro e pequenos empresários pensam nas formas de cobrar pelos serviços prestados ou produtos vendidos, inevitavelmente se perguntam sobre como gerar boletos bancários, já que essa é uma alternativa cada vez mais usada em virtude de sua grande aceitação por parte dos consumidores e também da clareza do processo.

Essa realmente é uma tarefa que pode se revelar muito simples. Mas somente quando se opta por utilizar uma plataforma especializada na emissão e no gerenciamento desses boletos. Por outro lado, a mesma atividade pode ser muito trabalhosa. Isso acontece caso o método utilizado seja o convencional, com toda a burocracia na emissão dos documentos.

Vale ressaltar, no entanto, que não existem contraindicações a respeito do uso de um método ou do outro. É o próprio empreendedor quem deve decidir sobre a melhor forma de cobrar de seus compradores. O importante é que essa escolha seja consciente e muito bem pensada. Assim, evita gerar dores de cabeça desnecessárias.

Quer conhecer melhor cada um desses métodos para colocar os prós e contras na balança? Então confira agora as principais diferenças:

Método convencional

A primeira providência é realizar a abertura de uma conta corrente no banco de preferência. É preciso conversar com o gerente sobre como gerar boletos e sobre a possibilidade da conta ser utilizada na emissão desses títulos. Além disso, é preciso escolher a forma de remuneração sobre o boleto emitido. É possível optar por pagar por cada boleto impresso ou por boleto pago. As taxas variam de acordo com cada banco e geralmente estão embutidos nesse valor os custos da impressão e do envio pelos Correios.

Dependendo do banco escolhido, podem haver algumas restrições relacionadas à instituição onde o pagamento poderá ser efetuado. Mas cada caso deve ser estudado de forma particular. Vale lembrar que existem vários tipos de boletos. Porém, cada empresa deve optar pela forma que melhor atender tanto ao seu negócio como a seus clientes.

Método eletrônico

Esse método possibilita a geração de boletos sem ter que, necessariamente, abrir uma conta corrente em qualquer banco. Assim, se consegue fazer o cadastro no sistema de forma fácil e extremamente rápida. E você começa a gerar boletos na mesma hora!

Por meio desse sistema, paga-se pelo pacote geral de serviços e pode incluir, ou não, a impressão dos boletos. Também existe a possibilidade de gerar o boleto no formato PDF e enviá-lo por e-mail. Assim como é possível emitir muito sem complicação a segunda via de qualquer um desses títulos.

Ao se utilizar uma plataforma eletrônica pode-se desfrutar não apenas de toda a facilidade na geração dos boletos, mas também dos demais recursos que o sistema oferece, permitindo que os gestores utilizem a ferramenta na melhoria da gestão de seus negócios. A partir da implementação dessa ferramenta, passa-se a acompanhar os pagamentos efetivados, os valores recebidos e as quantias ainda em aberto, o que mantém o controle do fluxo do caixa sempre atualizado e condizente com a realidade.

Por meio de diversos relatórios que podem ser emitidos pela própria plataforma, a gestão das cobranças fica muito mais completa e profissional. É possível, assim, atuar direcionadamente em relação ao grupo de clientes inadimplentes, enviando em todas as etapas do processo avisos de cobrança pela própria ferramenta, automaticamente.

Como é possível perceber, mesmo que ainda não se tenha total consciência sobre como gerar boletos, essa pode não ser uma tarefa tão difícil, desde que se acerte na escolha. O empreendedor deve escolher a opção mais prática para o seu negócio, a que melhor se encaixa à sua realidade e às suas demandas.

Então, agora você já conhece melhor tanto a forma tradicional como a eletrônica de emissão de boleto. Comente nas nossas redes sociais e nos conte: qual das duas pareceu mais simples e vantajosa? Compartilhe suas impressões conosco Facebook, Twitter, Instagram e Linkendin!

Manual da Mediação de Pagamentos 

Categoria

Gerencianet

Ver todos os posts desta categoria

Gostou do que viu por aqui?

Cadastre-se para receber os melhores conteúdos exclusivos sobre tecnologia de pagamentos e gestão, para alavancar de vez os seus negócios.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes, de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com essas condições. OK