Blog da Gerencianet

Pagamentos on-line, empreendedorismo e e-commerce

Como calcular juros e multas para colocar no boleto?

Editor Gerencianet

13/11/2017

Calculando as multas por atraso

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor brasileiro, o valor máximo da multa cobrada por uma conta em atraso é de 2% do valor total do boleto. Essa multa é cobrada uma única vez para cada título — diferentemente dos juros, que variam de acordo com a quantidade de dias atrasados. Se o valor do boleto é de 100 reais, por exemplo, a multa pode chegar a, no máximo, 2 reais (100 x 0,02).

Caso haja um contrato firmado entre as partes, a multa cobrada pode chegar em até 10%.

Definindo os juros moratórios

Os juros por atraso são de 1% pro rata (o que corresponde a 0,033% ao dia), o que quer dizer que, a cada 30 dias ou um mês, soma-se, no máximo, 1% do valor total do boleto ao que deveria ser pago a princípio, sendo que esse acréscimo é proporcional ao número de dias em atraso.

Também em casos definidos em contrato assinado pelas duas partes, a cobrança de juros pode ser um pouco maior: 0,33% ao dia, o que equivale a quase 10% ao mês.

O cálculo é um pouquinho mais complexo, mas é, na prática, bem simples, podendo se tornar trabalhoso somente se a quantidade de boletos gerados por sua empresa é grande demais. Por isso, vale a pena conferir quais são as alternativas existentes para a emissão desses títulos, principalmente para quem está apenas começando.

Adotando boletos em sua empresa

São muitas pessoas que preferem os boletos a qualquer outra forma de pagamento, porque é prático, rápido e extremamente seguro. E hoje, com os recursos proporcionados pelos meios eletrônicos, o dia a dia tanto da empresa como dos clientes é bastante facilitado. Isso sem contar que, com esse método de pagamento, você garante o recebimento de multas e juros por atraso, já que tudo será automaticamente cobrado na hora da quitação.

É importante oferecer diferentes formas de pagamento tanto para atrair mais clientes para seu negócio como para fidelizar os já habituais. Aí entram os boletos bancários! Por isso é tão importante investir em um sistema que gerencie a emissão desses títulos, auxiliando também na cobrança de clientes inadimplentes e no controle das transações, com os juros e as multas devidamente incluídas e calculadas, sem medo de errar! Então o que ainda está esperando? Na Gerencianet, os boletos e carnês são registrados, mas você paga tarifa apenas em caso de pagamento confirmado. Saiba mais! 

Agora que você já sabe como calcular corretamente os encargos sobre os atrasos em seus boletos, comente aqui e divida suas dúvidas e opiniões conosco! Participe!

Quero emitir boletos agora mesmo

Categoria

Formas de Pagamento

Ver todos os posts desta categoria

Caso você seja um cliente Gerencianet ou efetuou um pagamento por meio do nosso serviço e precisa de suporte, clique neste botão e abra um ticket:

ABRIR TICKET DE SUPORTE
Os melhores conteúdos sobre tecnologia de pagamentos e gestão na sua caixa de entrada.

Deixe seu e-mail e receba gratuitamente:

Carregando...