Abrir conta digital grátis Carregando

Capital de giro: boas práticas para otimizá-lo

Publicado em 19 de novembro de 2014 (atualizado em 15 de fevereiro de 2019)
Boas práticas capital de giro

Agora que você já sabe o que é o capital de giro e para que ele serve, vamos falar sobre como otimizá-lo, a fim de evitar que sua empresa se veja, pela falta de controle, em maus lençóis. Então confira agora mesmo nossas dicas e aprenda a otimizar seus recursos:

Faça seu dinheiro render

Se você já sabe calcular a necessidade de capital de giro da sua empresa, não precisa ficar com dinheiro sobrando nem em caixa nem no banco. Assim, pegue qualquer dinheiro sobressalente e invista em soluções que o farão render, como um CDB de liquidez diária ou, ainda, a poupança. Esses são investimentos seguros que dão a possibilidade de fazer a retirada do dinheiro a qualquer momento de necessidade.

Mantenha os estoques enxutos

Quanto maior seu estoque, maior o capital de giro empacado. Mantenha, portanto, seu estoque enxuto, combinando com seus fornecedores um número maior de entregas ao longo de um determinado período. Essa pequena alteração permite que você otimize seu espaço físico e, também, reduza a necessidade de capital de giro da sua empresa.

Tenha um sistema de cobrança eficiente

Por mais que se tente evitar, sempre aparecem clientes inadimplentes. E quanto mais devedores se tem, mais capital de giro é preciso. Ter um setor especificamente destinado às cobranças e uma ferramenta de automatização e controle eficiente, que otimizem os pagamentos dos clientes devedores, evita que você entre no vermelho por faltas reversíveis de pagamento.

Acompanhe o fluxo de caixa projetado

O fluxo de caixa foi feito para ser acompanhado periodicamente, visando ter total controle sobre as entradas e as saídas da recursos da empresa. É possível saber exatamente, ao monitorar seu fluxo de caixa, quando vai faltar capital de giro. Dessa maneira você possibilita a tomada de medidas preventivas.

Conte somente com o dinheiro recebido

Mesmo tendo previsão de recebimentos, você não pode gastar o dinheiro antes de ele efetivamente entrar na sua conta bancária, não é mesmo? Já pensou se o cliente furar? Sendo assim, só gaste quando tiver absoluta certeza de que o dinheiro entrou na sua conta.

Negocie prazos com os fornecedores

Quanto maiores forem os prazos para pagamento dos seus fornecedores, mais tempo você tem para preparar seu caixa. Muitos fornecedores são bastante flexíveis e permitem prazos estendidos de 45 ou até 60 dias. Mas não se esqueça de nunca sequer atrasar o pagamento do fornecedor. Se eventualmente for preciso, renegocie, mas nunca o deixe sem uma satisfação.

Antecipe recebimentos

Se você perceber que vai ficar sem fluxo de caixa durante um determinado período, procure antecipar recebíveis — como, por exemplo, as vendas feitas no crédito. Negocie junto à credenciadora a antecipação desses valores, visando quitar todas as suas dívidas em dia.

Parcele pagamentos sem juros

Muitas vezes, se você souber trabalhar com seu dinheiro, o parcelamento é benéfico. Se você tem os recursos para pagar um equipamento à vista, mas pode parcelá-lo em 12 vezes sem juros, considere o parcelamento e invista o restante do dinheiro na poupança ou no CDB de liquidez diária, por exemplo. Assim você continua pagando o mesmo valor no equipamento e ainda ganha os juros da aplicação!

Faça um empréstimo bancário

Essa última alternativa é para quem já tentou de tudo, mas, mesmo assim, não conseguirá manter seu capital de giro no positivo por muito tempo. Converse com seu gerente e faça um empréstimo com boas condições de pagamento. Muitos bancos dão um prazo de 10 ou 15 dias para o pagamento do empréstimo sem juros. Durante esse período, você pode aproveitar a vantagem para colocar sua empresa em ordem!

E então, preparado para trabalhar o seu fluxo de caixa sem perder o rumo? Já sabe como otimizá-lo e garantir o pagamento de todas as despesas em dia e aumentar seu capital de giro? Então comente nas nossas redes sociais e compartilhe conosco suas dúvidas e experiências Facebook, Twitter, Instagram e Linkendin! E mãos à obra!

Categoria

Financeiro

Ver todos os posts desta categoria

Gostou do que viu por aqui?

Cadastre-se para receber os melhores conteúdos exclusivos sobre tecnologia de pagamentos e gestão, para alavancar de vez os seus negócios.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes, de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com essas condições. OK