Abra sua conta grátis Carregando

Boletos Registrados: O que é DDA (Débito Direto Autorizado)?

Publicado em 27 de janeiro de 2020 (atualizado em 05 de fevereiro de 2020)
Uma mão branca segurando um boleto

O Débito Direto Autorizado (DDA) é uma das alterações resultantes da Nova Plataforma de Cobrança da Federação Nacional dos Bancos (Febraban). Com o registro dos boletos, tornou-se possível a unificação de todas as informações sobre as cobranças emitidas. Dessa maneira, agora, os bancos integram uma plataforma centralizadora desse tipo de cobrança.

Confira a seguir todas as informações a respeito do DDA. O que ele é, as vantagens, os cuidados e outras informações relevantes!

O que é o DDA?

O sistema permite que os clientes acessem de maneira eletrônica as cobranças que precisam pagar. O acesso pode ser realizado por meio de celular, internet, caixa eletrônico, entre outras formas, excluindo a necessidade de impressão.

Outra mudança realizada é a obrigatoriedade da indicação do nome completo e CPF ou CNPJ do pagador no boleto ou carnê. A medida permitiu que todas as cobranças geradas com o mesmo CPF ou CNPJ, independente do banco utilizado, fiquem salvas em um mesmo lugar. Desta forma, se você tem o DDA ativo, pode visualizar, em sua conta bancária, todas as cobranças destinadas a você. A partir disso há a opção de autorizar ou não o pagamento do boleto ou parcela de carnê.

Essa é uma maneira de ter mais controle sobre as cobranças feitas a você. E em caso de tentativa de fraude, é possível identificar com mais agilidade.

Quais as vantagens do DDA?

A principal vantagem no uso dessa forma de se realizar pagamentos, é o controle que a pessoa passa a ter com a própria conta. A partir do uso do DDA, o correntista consegue ter acesso a várias informações: o que ele deve, quando a cobrança vence, se deseja usar esse tipo de pagamento, o dia que ele deseja quer pagar, entre outros.

Tudo isso ajuda a pessoa na hora de realizar a própria organização financeira. Além disso, o DDA é muito mais prático. Você pode realizar os pagamentos por meio de aplicativos de internet banking ou diretamente pelo caixa eletrônico. 

Outro detalhe importante e que diferencia essa modalidade do débito automático é que, com o DDA, quem decide a data do pagamento é o próprio correntista. Assim, o dinheiro não é debitado automaticamente da conta. É a pessoa que decide quando vai pagar a cobrança recebida. 

Além de todas essas vantagens, o DDA ainda ajuda o meio ambiente. Como tudo é feito de forma digital, ele evita a impressão de papéis de boletos e carnês desnecessários.

Como Utilizar o Boleto para Pagamentos Recorrentes

O que fazer quando um DDA desconhecido aparece nos boletos registrados?

Antes de tudo, você pode ficar tranquilo. O DDA é informado em sua conta, mas o débito só é confirmado se você autorizar. Nenhum pagamento será realizado sem seu consentimento.

Em seguida, procure mais informações sobre a cobrança. Em alguns casos, o DDA informa apenas o nome do cedente, que pode ser uma instituição de pagamento, como a Gerencianet. Dessa forma, ele não insere o nome do sacador/avalista, que é quem realizou o serviço ou fez a venda. Caso tenha dúvidas sobre o débito, entre em contato com a empresa cedente e informe-se.

Se seu DDA não estiver ativo, não se preocupe! Para ativar é necessário entrar em contato com sua agência ou verificar a opção no próprio aplicativo do banco.

Outro cuidado que a pessoa deve tomar é com o banco em que ela é correntista. Muitas instituições não cobram taxa alguma sobre o uso do DDA, mas é bom ficar atento. Alguns podem sim taxar a utilização desse serviço. Por isso, antes de ativar o DDA na conta-corrente, veja com o banco se alguma taxa será cobrada. Caso isso ocorra, a dica é ativar o DDA em outro banco que não cobre nada do cliente.

Como funciona o DDA na Gerencianet?

A Gerencianet está sempre atenta às novidades do mercado financeiro. Por isso, ela também oferece como forma de pagamento online o uso do DDA.

Para quem já é cliente, a ativação do DDA é bem simples. Todos os boletos e carnês feitos pela instituição possuem o nome, CPF ou CNPJ do devedor. Isso quer dizer que todos são boletos registrados.

Se a pessoa tiver o DDA ativo na conta dela, assim que o boleto for registrado, ela vai receber a opção de pagar por esse meio.

Essa é mais uma vantagem da Gerencianet para os seus clientes. Uma forma, inclusive, de passar ao consumidor final essa possibilidade de realizar o pagamento via DDA.

O melhor de tudo é que o cliente da Gerencianet não precisa fazer nada a mais. É só emitir os boletos registrados normalmente, que o DDA já é enviado de forma automática. Lembrando que isso é válido apenas para os consumidores que tiverem acesso ao serviço.

O DDA é apenas uma das diferentes formas de se pagar um boleto. Devido às vantagens trazidas por esse novo meio digital, muitos têm preferido utilizá-lo. Se você quiser entender quais as formas de usar esse meio de pagamento, aproveite e veja mais informações sobre o boleto bancário

Categoria

Formas de Pagamento

Ver todos os posts desta categoria

Gostou do que viu por aqui?

Cadastre-se para receber os melhores conteúdos exclusivos sobre tecnologia de pagamentos e gestão, para alavancar de vez os seus negócios.