Abra sua conta grátis Carregando

Black Friday: como aumentar suas vendas em 2019

Publicado em 01 de novembro de 2019 (atualizado em 01 de novembro de 2019)

Há nove anos, os brasileiros – além do Natal e do Réveillon -, têm em seus últimos dias do ano, a Black Friday: a megaliquidação do varejo. Bem como nos Estados Unidos, a temporada de descontos movimenta o mercado sempre na última sexta-feira de novembro. Neste ano, ela acontece no dia 29. A Black Friday brasileira, inicialmente, era popular por suas promoções no comércio online. Em 2018, por exemplo, 52% dos consumidores apontaram que, naquele ano, comprariam apenas pela internet. 

Para 2019, no entanto, o cenário é outro: 38% das intenções de compra estão reservadas aos e-commerces e 37% às lojas físicas. Isso quer dizer que, pela 1ª vez, a procura por promoções será tanto offline quanto online. Por isso, dentro ou fora da rede, prepare o seu negócio para a temporada de descontos da Black Friday que, a propósito, já começou! Afinal, os consumidores já estão em busca dos melhores preços e produtos. 

Você já tem uma estratégia para alavancar as vendas nessa megaliquidação, certo? Preparamos algumas dicas para que você possa refinar o seu planejamento. Confira!

Ofereça descontos reais

Os falsos descontos são a maior reclamação dos consumidores que investem tempo e dinheiro nas promoções da Black Friday. No ano passado, o site Reclame Aqui recebeu 5,6 mil questionamentos durante o período de ofertas, segundo as estatísticas. A categoria propaganda enganosa ocupa o primeiro lugar das reclamações, seguida da maquiagem de preços. 

Por isso, é fundamental ter uma relação sincera com o comprador. Dessa forma, você mantém a reputação do seu negócio e a confiança dos seus clientes, assim como tem a chance de conquistar novos consumidores. Então, coloque na promoção só o que estiver realmente com o preço mais baixo.

Como critério de seleção, escolha produtos que possuam uma margem de descontos maior. Por exemplo, aqueles que estão paralisados no estoque ou os chamados “produtos iscas”, que têm preço menor, vendem bem e são porta de entrada para outras vendas. Caso você trabalhe com serviços online que não possuam um preço alto de produção, investir em fretes mais baratos e brindes para os seus clientes pode ser um diferencial.

Divulgue a participação do seu negócio na Black Friday

Cada vez mais, a Black Friday se parece com uma temporada de descontos. Afinal, as promoções têm extrapolado a última sexta-feira de novembro e podem ser divulgadas cerca de um mês antes. Por isso, invista já em soluções criativas que chamem a atenção do seu cliente para as promoções futuras! 

As mídias online, pagas ou gratuitas, são ótimas ferramentas para disparos imediatos. Envie também e-mail marketing para seu cadastro de clientes, com todas as informações, imagens e descrição dos produtos que serão ofertados. A ação da Black Friday ficará mais eficiente se você segmentar a lista de acordo com os interesses de seus clientes.

Uma pesquisa feita pelo Google apontou que dois em cada três brasileiros fazem uma busca online antes de comprar em uma loja física. Por isso, ainda que as suas vendas aconteçam offline, você deve caprichar na divulgação de suas promoções e no cuidado da imagem de sua empresa no mundo virtual.

Uma dica é: fique de olho nos perfis da sua empresa nas redes sociais e em páginas como o Reclame Aqui. Dessa forma, você evita que os compradores tenham uma ideia errada sobre o seu negócio, produto ou serviço.

Ofereça a opção de retirada na loja

Caso você tenha uma loja física vinculada a um site de vendas, disponibilizar a opção de “retirar na loja” é uma decisão inteligente. De acordo com o Google, 39% dos brasileiros consideram essa uma alternativa muito importante na hora de decidir a loja na Black Friday. Dos entrevistados, 24% indicaram que pretendem usar essa forma de entrega para as compras feitas pela internet. Para que você consiga atender com êxito aos clientes offline e online, não se esqueça de ficar atento ao estoque. 

Prepare a aparência da sua loja 

Mude o visual da sua loja durante a Black Friday, assim, você sinaliza aos consumidores que os seus produtos estão em promoção. Você pode, por exemplo, redecorar a vitrine e a entrada. Seja criativo! Caso você tenha um site, converse com a sua equipe de desenvolvedores e veja a possibilidade de mudar a aparência da página durante a data.

Prepare o seu site para a Black Friday

No dia da Black Friday, é normal que o número de acessos simultâneos seja maior. Por isso, é fundamental que você prepare seu sistema para evitar riscos de queda e indisponibilidade. Qualquer minuto sem estar acessível, pode representar a diminuição das oportunidades de vendas. Verifique também se os sistemas antifraude estão funcionando perfeitamente, pois eles serão fundamentais no dia. 

Um bom site de e-commerce deve possuir fotos nítidas e de vários ângulos dos produtos à venda. Da mesma forma, é essencial uma descrição minuciosa, para evitar que o cliente fique confuso. Ainda assim, é importante disponibilizar um bom serviço de atendimento ao consumidor para que o comprador possa solucionar possíveis dúvidas. Além disso, aumente o número de atendentes no dia para evitar longas filas de espera.

A Black Friday é um bom momento para atrair novos visitantes. Por isso, ofereça a eles uma boa experiência de compra, para que eles queiram voltar ao seu site. Confira o estoque para garantir que não haverá problemas com o número de produtos disponibilizados. Não se esqueça de reforçar o sistema de entrega para evitar atrasos e de manter os canais de comunicação eficientes para que o cliente possa entrar em contato no pós-venda.

Formas de Pagamento

Oferecer opções de pagamento para seu cliente é básico. Se você não utiliza uma empresa intermediadora de pagamento, ainda há tempo de contratar o serviço. Além de facilitar o processo de pagamento, elas estão preparadas para o alto fluxo de movimentação típico da Black Friday.

Na Gerencianet, por exemplo, você pode oferecer ao seu cliente a possibilidade de pagamento no boleto bancário ou parcelado em até 12 vezes. Você ainda pode escolher cobrar os juros em caso de atraso ou assumir o custo, oferecendo mais um atrativo. Isso tudo com uma tarifa abaixo do mercado. Saiba como a Gerencianet pode contribuir para a sua redução de custos!

 

Categoria

E-commerce

Ver todos os posts desta categoria

Gostou do que viu por aqui?

Cadastre-se para receber os melhores conteúdos exclusivos sobre tecnologia de pagamentos e gestão, para alavancar de vez os seus negócios.